terça-feira, 30 de abril de 2013

Coisas estranhas próximas ao Sol

 

Breaking News: Estranhos Objetos próximos ao Sol

Real-Time Footage

image: Helioviewer.org

Durante vários dias, há objetos misteriosos ao redor do sol.
assista o vídeo em tempo real. Alguma coisa estão acontecendo lá em cima.
Estou aguardando os seus comentários sobre o assunto.

Siga o link para ver o vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=j5yI80UPUiw&list=PLZdsn89GMYLSW8eBeVoJDk9hs4hhSwBeb

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Parte dos participantes da reunião do CSPU dia 26/04

DSCF1588
Equipe do CSPU após conferência sobre o caso Valdés
Aproximadamente vinte cinco pessoas compareceram ao auditório da Faculdade Ieducare para participar da reuniã de abril do CSPU.
DSCF1586
Casa cheia na reunião de abril
Após os informes inciais, houve a conferência proferida pelo Ufólogo e Professor Universitário Jânder Magalhães, tratando sobre um dos casos mais emblemáticos da ufologia chilena e mundial, o Caso Valdés, onde um grupo de uma patrulha de militares teve contato com duas luzes, tendo sido o Cabo Valdés sido abduzido por determinado tempo.
Durante a exposição do caso, o Prof. Jânder mostrou detalhes pouco conhecidos do caso, conseguidos através de entrevistas realizadas por ele a um pesquisador chileno. Foram respondidas perguntas dos participantes sobre caso, num momento de grande interação e esclarecimentos.
Dando seguimento à reunião, foi aberto um debate sobre questões gerais do Fenômeno UFO.
A cada reunião, cresce o número de novos interessados nos encontros e debates do CSPU. A entrada é franca e não é cobrado nenhum tipo de taxa ou valor nas reuniões, apenas entusiamo e vontade de conhecer os mistérios do universo.
Abaixo, um pouco de informações sobre Caso Valdés, tendo como fonte o site: www.cubbrasil.net.
Por Jacinto Pereira

No dia 25 de abril de 1977, o cabo Armando Valdés desaparecia em plena noite sob os olhos de seus soldados: uma bola luminosa imensa lá estava a algumas dezenas de metros de uma fogueira que brilhava na noite. Graças à agência FRANCE PRESSE, um jornalista chileno, correspondente da agência internacional, tinha recebido instruções para seguir permanentemente o caso e obter o máximo de precisão sobre as sequências deste encontro de terceiro grau. Infelizmente, o cabo  Armando Valdés e seus sete soldados não podiam ser achados, pois tinham sido literalmente sequestrados pelos serviços especiais do Exército chileno. Chegar ao contato de Valdés era algo impossível.
Mais tarde, no começo de maio de 1978, uma informação interessante: o cabo Valdés e seus soldados tinham sido levados, no dia 25 de abril de 1978, ao próprio lugar em que se tinham dados os acontecimentos. O Exército chileno tinha interditado o perímetro durante aquela tentativa de reconstituição. Enfim, em dezembro de 1978, a direção da Agência FRANCE PRESSE em Paris informava que seu correspondente no Chile conseguirá obter com exclusividade mundial, a primeira entrevista do Cabo Valdés. Pois este militar de carreira deixara o exército – sem dúvida marcado por uma aventura que ninguém ainda pôde explicar. Eis o documento. Nota-se que o cabo Valdés, muito calmamente, dá notícias precisas sobre sua fantástica aventura.
Novembro de 1978 - Arica,Chile
PERGUNTA – Cabo Armando Valdés, depois de 18 meses e considerando o acontecimento com mais calma, poderia contar-nos de novo e resumidamente sua experiência?
CABO VALDÉS – Era um dia comum, durante o qual eu efetuara o serviço que me incumbia, de maneira rotineira. Por volta de meia-noite e trinta ou quarenta minutos, mais ou menos, um dos meus homens, que com outro estava no posto a pouco mais de 30 ou 40 metros do lugar em que nos encontrávamos, chegou correndo para nos contar que alguma coisa estava para acontecer naquele instante.
No começo eu pensei que se tratasse de um problema com os animais que estavam sob nossa guarda, ou alguém do campo de Putre que se aproximava.
Então, quando eu saí com quase todos os meus homens para ver o que estava acontecendo, eu pude ver, assim como todos os outros, uma grande luz que descia a grande velocidade, diante de nós, sobre uma pequena colina de 500 a 600 metros.
Logicamente, pensei na luz de algum cometa ou de qualquer coisa assim. À primeira vista, aquilo parecia mais um fogo de artifício, mas depois de alguns segundos, a luz se manteve parada e aumentou rapidamente, para finalmente desaparecer atrás do morro. É preciso dizer que um grande clarão saía de trás daquela elevação, como se a luz tivesse mantido-se atrás daquele topo.
Imediatamente, quase instantaneamente – e disso eu me lembro bem – pensei em ir ver aquela luz, acompanhado de um dos meus homens. Mal tinha dado a ordem, quando um dos meus homens que não me lembro mais qual deles era, deu alerta para outra direção, muito diferente do ponto para a qual estávamos todos concentrados, quase à nossa esquerda.
O que vimos em seguida nos encheu de espanto e de medo no começo. Ninguém naquele momento supusera que se tratasse de um OVNI ou de qualquer coisa desse gênero.
Era uma luz de 20 metros de diâmetro mais ou menos – já não me lembro bem disso – de forma oval e mais resplandecente no centro. Via-se claramente que aquela luz era produzida por qualquer coisa... Mas qual? Eu não sei sinceramente.
A partir daquele momento, meus homens e eu começamos a experimentar estranhas sensações, como se interiormente qualquer coisa estivesse totalmente tomando conta de nós. Não sabemos até hoje como aquela luz apareceu, mas somente que ela estava lá como que para nos impedir de passar para a primeira luz que tínhamos visto. Desde aquele instante, meus homens começaram a perder o controle e a ficar desencorajados. Sem saber nem quando e nem como, resolvemos segurar uns aos outro pelos braços... Se me lembro bem, fui eu quem deu essa ordem. Ficamos naquela posição durante bastante tempo. Alguns de meus homens rezavam ou choravam, se me recordo direito. Ajoelhamo-nos todos para orar.
Quanto a mim, como chefe da patrulha, convinha que tomasse uma iniciativa qualquer. Pus-me então a gritar com todas as minhas forças para aquela luz, pedindo sua identificação, etc., mas sabendo bem, no meu íntimo, que não obteria coisa alguma e que estava falando ao nada.
Um momento depois, os animais e os cavalos que lá se encontravam começaram a se comportar de maneira estranha diante daquele fenômeno. Por exemplo, o gado se reagrupou em redor de seus pares mais velhos, como faz quando está livre. Olhavam todos para a luz provando-nos assim que viam também o fenômeno.
Tudo aquilo nos fazia supor que estávamos na presença de qualquer coisa estranha e talvez mesmo perigosa, uma vez que os próprios animais estavam com medo do fenômeno.
Ao final de algum tempo – não saberia dizer quanto – dei a ordem de apagar o fogo que nós mantínhamos aceso, supondo que poderiam ser suas chamas que estivessem atraindo a atenção daquela luz. Devo também assinalar que o fogo crepitava de maneira anormal. Foi pois com a intenção de apagar a fogueira que nos separamos, afastando-nos uns dos outros quatro ou cinco passos, não foi mais que isso... eu tenho certeza absoluta.
Tive, então, uma idéia. Agora, mais calmo e tendo quase esquecido do caso, não sei explicar por que comecei a avançar para a luz. Sabia – creio eu – que nada obteria. Foi uma coisa estranha, como uma força que me tivesse impulsionado para ir ao encontro dela, a seis ou sete passos normais do lugar em que se encontravam meus homens. A partir daquele momento, não me lembro mais nada. Sei unicamente o que os meus homens, quase espontaneamente, me contaram no dia seguinte.
Conforme o relato deles, eu desapareci de suas vistas, para reaparecer mais tarde no mesmo lugar em que se supunha que eu tinha desaparecido. Sentia-me estranho, dizia coisas incoerentes em meio a umas espécies de espasmos e de crises de histeria. Posso afirmá-lo, agora que relembro tudo aquilo com mais calma.
Eu me recordo de que, ao voltar a mim, de manhã, me encontrei sentado, sem saber como poderia estar naquela posição. Por instantes, pensei que tinha adormecido, mas lembrando-me de tudo o que tinha acontecido. Lembro-me ainda de ter chamado meus homens para lhes perguntar se de fato se tinha passado alguma coisa. No fundo, acreditava que aquilo tinha sido um sonho e eu não queria passar ridículo diante deles. Mas não foi assim. Meus homens confirmaram, com detalhes, tudo o que se tinha passado. E digo para mim, até o presente, que tudo aquilo parece inacreditável ou quase impossível de se acreditar.
O que se passou em seguida é longo para contar: deram-se várias coisas comigo. Sentia uma grande fadiga corporal e uma forte dor nos rins, como se tivesse feito grandes esforços. Lembro-me de que naquele dia, em menos de duas horas, fumei quase uma carteira de cigarros. Estava à beira de uma crise de nervos, o que podia-se observar também com todo o pessoal que se encontrava comigo no campo de Putre.
Todos repararam que minha barba parecia de 10 dias e eu a tinha feito na véspera. O estranho era que meus homens não apresentavam essa característica. Tinham apenas experimentado um choque nervoso e se inquietado sobretudo comigo. Era eu que me apresentava mais nervoso... como dizer... estava com os nervos mais exaltados.
Quando agora repasso tudo mais calmamente... minha barba, meu nervosismo, minha extrema fadiga física, tudo enfim que se passou naquele momento, minha maneira de agir, minha aparição naquele dia, como se eu tivesse partido em patrulha uns dez dias mais ou menos, o fato de que o calendário de meu relógio avançara 5 dias e o fato de que ele ficou parado durante quase todo o acontecimento, não encontro nenhuma explicação para tudo aquilo.
O que você pensa agora daquela experiência, bem como os membros da patrulha que o acompanhavam?
Para mim, pessoalmente – desde que o resto da patrulha não está comigo – aquilo foi algo assombroso e inexplicável para minha compreensão. Mas posso dizer que naquela noite se passou alguma coisa... Que coisa? Não poderei nunca explicá-lo a mim mesmo.
Há outros detalhes sobre o ocorrido de que você se tenha lembrado depois, quer dizer, nos meses seguintes?
Para dizer verdade, eu tentei, pelo menos na época, lembrar-me de qualquer coisa que me pudesse explicar o que se passara. Mas não consegui. Não me recordava de nada.
Nestes últimos tempos, você teve de novo experiências com os OVNIs?
Absolutamente não.
Oque você pensa agora a respeito dos OVNIs?
Para mim seria tão natural vir a saber que é alguma coisa de um outro sistema como de ter a prova de que todos esses fenômenos são produzidos por elementos naturais ou talvez pelo homem, em qualquer parte.
Após essa experiência, que exames você foi submetido?
Fora das perguntas formuladas pelos jornalistas, submeteram-me a um eletroencefalograma que foi examinado por psicólogos, parapsicólogos, médicos e por especialistas, com uma quantidade de testes psicológicos de toda a sorte. Fizeram-me todos esses exames no Hospital Militar de Santiago do Chile. E por último, o que mais me surpreendeu foi o exame exigido pelo o major Eduardo Arriagada, do Estado-Maior: passei por um detector de mentiras.
Você foi submetido, por exemplo, a uma hipnose? E se afirmativo, quais foram os resultados?
Não me fizeram exame algum dessa espécie, embora recebi numerosas propostas vindas de diferentes meios para a realização de umas sessão de hipnose. Até mesmo de certos países que se comprometeram em levar a sério essa investigação e me dando muitas garantias. Isso me foi  igualmente proposto pelo Hospital Militar. Mas até o presente – e agora menos que antes – não aprovei esse tipo de exame.
Este caso o afetou psicologicamente?
Até o momento, não constatei mudança alguma e isso não me tem preocupado.



Você tem tido sonhos estranhos?

Muitos, mas não creio que tenham a ver com o caso. Uma vez apenas, e creio que não foi um sonho... Alguns dias após o acontecimento de Arica, sucedeu-me o seguinte: estava deitado ao lado de meu companheiro de quarto, com a luz acesa. De repente, senti uma estranha sensação. E imediatamente – pela primeira vez – a liguei ao fenômeno de dias atrás. Senti-me inteiramente imobilizado e com os olhos completamente abertos... desperto... Senti uma forte pressão no peito e, em seguida, uma pressão sobre o corpo todo. Senti ainda qualquer coisa me tocar – não sei o quê – qualquer coisa que tentou me levantar pelo dorso. Tentei-me mexer e pedir a ajuda ao meu companheiro, que se encontrava naquele compartimento, de costas ou sob as cobertas – não me lembro bem. Não me entreguei. Mas meu esforço foi tal que lutei – psicologicamente ou fisicamente não sei – contra aquela pressão, até que consegui escapar de tal força. Ao mesmo tempo, dei um grito terrível, chamando meu companheiro que saltou da cama para verificar o que tinha acontecido.
Estava completamente suado e tomado por uma grande exaustão. Naquela noite, não dormi mais. Estranho foi que meu companheiro não tinha percebido nada e eu tinha acabado de me deitar. Tinha terminado de ler uma revista. Até o presente, fora a experiência que tinha tido, esta foi a que me causou mais medo. Não gostaria de passar de novo por isso.
Há pessoas que tenham tido experiências semelhantes com OVNIs e que entrou em contato com você?
Sim, mas não semelhantes. Muito próximos talvez. Não me lembro de seus nomes porque a maior parte deles me contou seus casos por acaso, quando me encontravam em algum lugar e me reconheciam ou lhes dizia meu nome. há somente uma história mais especial de um colega de trabalho, referente à sua esposa que recentemente tem sentido e ouvido certas coisas. Ele a tem visto levantar-se e escrever, fazer equações, cálculos, coisas de que ela é a primeira a se admirar, pois ignora a que se referem os resultados. Também faz estranhos desenhos cujo significado desconhece.
Última Atualização ( 14 de abril de 2008 )
vista do Cabo Valdés. Pois este militar de carreira deixara o exército – sem dúvida marcado por uma aventura que ninguém ainda pôde explicar. Eis o documento. Nota-se que o cabo Valdés, muito calmamente, dá notícias precisas sobre sua fantástica aventura








































sexta-feira, 26 de abril de 2013

OVNI é fotografado na região de Sr. do Bonfim, Bahia

De acordo com o site falandotudo.com, dia 14 de abril passado, um OVNI teria sido fotografado na Serra do Gado Bravo, estado da Bahia. Os autores das fotos são dois ciclistas, Raimundo Natação e Igor Geovani, que teriam tirado as fotos quando sinalizavam uma trilha para competição de Mountain Bike.  Segundo eles o objeto teria aparecido repentinamente, o que causou grande espanto.

Em reportagem para o falandotudo.com, as testemunhas disseram que o objeto fazia um leve barulho, como o de uma máquina de costura. “Raimundo viu e gritou para pegar a câmara, senti medo, pensei em correr, mas aguentei o medo  e tirei algumas fotos“, disse Igor Geovane, autor das seis fotos.

O OVNI teria sido visto por volta das 15h30, ficando por cerca de 15 minutos no ar.  As testemunhas disseram que o objeto desapareceu à uma velocidade inimaginável.

O objeto estava num local de difícil acesso e muito profundo, quando percebemos a sua presença e começamos a fotografar”, disse Raimundo Natação, alegando que a nave tinha o comprimento de um automóvel.

Veja abaixo a sequência de fotos (para ampliá-las use o botão direito do mouse):

foto1

foto5

foto4

foto3

foto2

n3m3

Fonte: falandotudo.com

Leia mais: http://ovnihoje.com/2013/04/25/ovni-e-fotografado-na-regiao-de-sr-do-bonfim-bahia-brasil/#ixzz2RYoSMBfK

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Você está convidado para a Reunião do CSPU

 
Pauta: Abucção em Ufologia
19h - Abertura
Conceituação (Jacinto Pereira - Presidente do CSPU)
Informes e Depoimentos: palavra facultada.
Palestra: Caso Valdés, o estranho caso com militares chilenos
Expositor: Jânder Magalhães - Jornalista, Professor Universitário e Ufólogo
Debatedor: Jacinto Pereira
22h - Encerramento
Entrada Franca
Lembre-se, dia 26/04/2013, sexta-feira
Local:
Educacional Ieducare, na Rua Dr. João do Monte, nº 343 - Centro, Sobral-CE por detrás do Hospital Dr. Estevão 
Sinta-se convidado!











DNA de humanoide achado no Chile é humano, diz documentário

 

Múmia atraiu curiosidade porque tinha apenas 15 centímetros.
Filme lançado esta semana afasta rumor de que seria um alienígena.

Do G1, em São Paulo

867 comentários

Imagem do filme 'Sirius' mostra o humanoide encontrado no Chile (Foto: Divulgação/'Sirius')Imagem do filme 'Sirius' mostra o humanoide encontrado no Chile (Foto: Divulgação/'Sirius')

Um teste de DNA feito no corpo mumificado de um humanoide de 15 centímetros mostrou que ele se trata de um ser humano, e não de um alienígena, como alguns ufólogos acreditavam ser possível.

O resultado foi apresentado por um documentário lançado na noite de segunda-feira (22) nos Estados Unidos. “Sirius” era um filme aguardado com ansiedade pela comunidade ufóloga, que pode ter ficado decepcionada com as conclusões científicas.

O “humanoide do Atacama” foi encontrado na cidade de La Noria, no norte do Chile, em 2003. Seu tamanho muito pequeno chamou a atenção de ufólogos, que acreditavam que poderia ser de outro planeta.

A curiosidade motivou a produção do filme. Entre outras investigações relacionadas à ufologia, o documentário levou a pequena múmia para análises de DNA em um laboratório da Universidade de Stanford, no estado americano da Califórnia.

“Posso dizer com absoluta certeza que não é um macaco. É um humano – mais próximo aos humanos que aos chimpanzés. Viveu até entre seis e oito anos. Obviamente, respirava, comia, metabolizava. A questão é saber o tamanho que ele tinha quando nasceu”, afirmou Garry Nolan, chefe da equipe responsável pela experiência, citado por reportagem do site “Huffington Post”.

Agora, Nolan pretende se aprofundar nas pesquisas para saber mais sobre a múmia, principalmente para entender por que essa criança era tão pequena. Por enquanto, ele afirmou que o ser tem traços dos indígenas da região e provavelmente viveu no século passado. Mais informações devem ser fornecidas em um artigo científico a ser publicado no futuro.

Radiografia do humanoide em cena do filme 'Sirius' (Foto: Divulgação/Sirius)Radiografia do humanoide em cena do filme 'Sirius' (Foto: Divulgação/Sirius)

Grifo Meu: Esqueceram que os humanos descedem de extraterrestres

Jacinto Pereira

terça-feira, 23 de abril de 2013

Rússia constrói Sistema de Defesa ALIEN para suposto ataque alienígena em novembro.

 

14:10 Celio Siqueira 17 comments

por Frank Lake

MOSCOU - A Rússia construiu o primeiro Sistema de Defesa Alien, para lidar com o ataque alienígena projetado para acontecer em novembro deste ano.
Vladmir Putin orgulhosamente disse aos repórteres em Moscou que a Rússia estava melhor preparada para o ataque-alienígena (projetado para acontecer no final de novembro deste ano) - do que qualquer outro país no mundo.
"Nós vamos sobreviver, todo mundo vai sofrer", disse Putin.
NASA e O Painel das Nações Unidas sobre extraterrestres têm alertado os governos ao redor do mundo para se prepararem para um ataque alienígena em pleno mês de novembro.
"Há uma invasão alienígena em andamento que começou em outubro de 2010, que continuará a dezembro de 2015 - mas confirmaram que três naves de ataque maciço do Planeta Gootan estão se aproximando da Terra a uma velocidade rápida e deveria estar aqui nos próximos dez semanas, ", disse o astrofísico da NASA, Thomas Hillstrom.

Os Estados Unidos, Índia, China e Brasil estão todos se preparando ativamente para o ataque, mas a Rússia é o único país com um sistema de defesa alienígena no local - de acordo com Putin.
"Temos essencialmente construído um campo de força que irá proteger toda a Rússia e seus cidadãos", disse Putin.
Quando perguntado sobre detalhes sobre o campo de força eo sistema de defesa alienígena (ADS), Putin se recusou a comentar. "Temos que passou 10 anos desenvolvendo este sistema e da tecnologia, não podemos simplesmente entregá-la neste momento. Além disso, não há tempo suficiente para os outros países para instalá-lo e preparar os mísseis anti-Alien para o lançamento. "

Alguns dentro da NASA ea ONU dizem que Putin está blefando sobre sua ADS, mas ele ri-se dele. "Vamos ver, em novembro."
Especialistas em extraterrestre em todo o mundo pensavam que as primeiras naves alienígenas eram do Planeta Zeeba, que ficava fora de nossa galáxia, paralela à de Júpiter, mas eles têm reavaliados os dados do telescópio Hubble e determinaram que as naves de ataque são do Planeta Gootan, que é de 20 anos-luz além do planeta-anão, Plutão.
Putin permanece calmo e tranqüilo sobre o ataque alienígena:

"O Gootans não são páreo para os russos. Eu os desafio a atacar a Rússia.

Vamos esmagá-los. "
Vamos ver Vladmir ...
[ NOTA: WWN é uma das únicas grandes organizações novo relatório sobre a invasão alienígena em andamento e que o ataque iminente alienígena. Assim que postar artigos - discursos, relatórios e outros "oficial" anúncios são limpo a partir da Internet. Há uma enorme histeria de encobrimento para evitar globais em todo o mundo. WWN não está tentando alarme seus leitores, apenas tentando relatar os fatos.

Fonte original em inglês:
http://ufo-alien.info/UFO/?p=240#

Nota A Verdade Liberta:

O texto acima foi traduzido pelo Google, com algumas correções do blog A Verdade

Como assim? FEMA realizará em 27/04 grande exercício para apocalipse zumbi e ataque alienígena?

 

23:05 Celio Siqueira No comments

Olá amigos.
Pois é, temos tido "dias turbulentos", ultimamente.
Foram atentados, alarmes de bombas aqui e ali, cartas com agentes químicos, rumores de guerra na Coréia, Síria, etc etc., mas nós continuamos aqui, firme e fortes, de olhos abertos, e cabeça pensante.
Vejam só a nova informação:
FEMA realizará em 27/04 treinamento para apocalipse zumbi e ataque alienígena.
Sim você leu direito, eles estão se preparando para uma "invasão alien ou ataque zumbi".
Eles não assumem a existência de "extraterrestres, mas vivem se preparando para uma invasão alien?
A noticia foi colocada no próprio site da FEMA.

Do site abovetopsecret.com:
"Que tipo de exercício em grande escala é essa? Sério?

Segundo David Lory VanDerDeek, candidato a governador de Nevada, em 2014, isso é absolutamente real e não uma piada.
Esta é um exercício real da FEMA agendado para "Saturday(sábado) 27 abr 2013 dás 9h00-17:00h" em Moscow, envolvendo 100 participantes de Idaho. E há dois cenários.
Há dois cenários: vítimas em "massa" e uma corda de resgate. Todos os Latah Co socorristas e municípios próximos estarão participando. CERT será auxiliar na EdC e outras tarefas consideradas necessárias.
Ainda do site abovtopsecret.com:
ACTUALIZAÇÃO 2013/03/03 01:16 PST: Depois que eu postei este artigo, esta manhã a FEMA RETIROU O ANUNCIO DO EVENTO substituindo-a por uma declaração de que a informação é agora ", disponível apenas para os membros da coalizão/assinantes.
" Depois de ter previsto isso tomei capturas de tela do evento, para que eu pudesse preservar o registro.Você vai ver as capturas de tela abaixo:


link: http://www.abovetopsecret.com/forum/thread931486/pg1

http://nevadagovernor2014.com/zombie-ufo-crash-disaster-full-scale-exercise-nevada-governor-2014-david-lory-vanderbeek/

Moscow é uma cidade do estado de Idaho.
Amigos: Nós ja falamos aqui que até o presidente Putin já estaria se preparando para uma "invasão alien", não é estranho que eles estejam se preparando para o mesmo "evento"?
""Há uma invasão alienígena em andamento que começou em outubro de 2010, que continuará a dezembro de 2015 - mas confirmaram que três naves de ataque maciço do Planeta Gootan estão se aproximando da Terra a uma velocidade rápida e deveria estar aqui nos próximos dez semanas, ", disse o astrofísico da NASA, Thomas Hillstrom.
"http://celiosiqueira.blogspot.com.br/2011/10/russia-constroi-sistema-de-defesa-alien.html
Quem ai pode dizer que esse "provável acontecimento" não será um grande "Blue Bean", que quando começar em grande escala, deixará a grande maiorias das pessoas perplexas a ponto de não conseguirem processar tanta imagem, informação e entrarem em pânico parecendo zumbis e por isso serão aniquiladas?
No video abaixo:ZOMBIE Unidade Hazzard - O que você está prestes a testemunhar é uma reunião realizada em um lugar não revelado. Ouça na discussão da compra secreta de munições (balas). Agora finalmente chegamos a nossa resposta para a pergunta número:
"Por que FBI, FEMA, CIA, estariam se preparando para Zombie Apocalypse em todo os EUA"
Eles já estão dando os sinais na mídia e no cinema:
Então não seria uma lei marcial a caminho após vários "atentados terroristas" (FALSE FLAGS), depois uma grande ilusão de ótica(BLUE BEAN) para que possam trazer o "falso salvador da pátria"?
E ai, seria ou não?
Sim, nós sabemos que existem "coisas enormes" transitando lá em cima, coisas como UFOS etc, mas dai dizer que haverá uma grande invasão, sei não...eu ainda teimo no versículo que diz:


"... A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder(tecnologia), e sinais e prodígios de mentira(blue bean), e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira (II Tessalonicenses 2:9-11)

Ficamos de olho, se surgirem mais informações eu atualizo este post.

No meu mural no Facebook:

"Meus amados:
Não vos perturbeis pelas intempéreis deste mundo tenebroso, nós bem sabemos o que são capazes de fazer estas potestades e principados, filhos do diabo que não cansam de fazer o mal.
Sigamos firmes, nosso compromisso é levar a palavra da boa esperança, a luz, a verdade, a todo aquele que cre nela e no amor como porta para a salvação.
Não sejamos mortos na fé, nosso galardão nos espera".
Nossa luta e nossas obras não são e não serão em vão, sigamos firmes no nosso propósito, e ainda que sejamos como uma voz que grita no deserto, mas falando a verdade, sabendo que de Deus o Eterno vem a nossa força, nosso escudo, refugio e fortaleza
Não desfaleçamos, sigamos confiantes, amando um ao outro com amor fraternal e sem medidas, ofertanto nossa vida numa causa nobre, "O Amor A verdade".
Deus o Eterno abençoe a todos."
https://www.facebook.com/celio.freedon
Abração
Célio

Em tempo..e lá no Texas a Waco hein?

Posted in:

KGB- Mapa de Bases alienígenas na Terra

 

New York City

Há uma entrada para os túneis em Nova York "na vizinhança de Midtown Manhattan, que pode ser alcançado através de um poço de elevador abandonado que só muito poucos conhecem

A entrada do Vale Nahanni (Canadá)

Este abrange 250 quilômetros quadrados no extremo sul das Montanhas Mackenzie do Canadá. Encontra-se quase 550 milhas a oeste da Fort Simpson no rio Mackenzie, no noroeste do Canadá. Fontes termais e gêiseres de enxofre mantem o vale mais quente do que as áreas circundantes por cerca de 30 graus durante todo o ano (o vale estiver acima de 60 graus de latitude), tornando-se perpetuamente névoa-coberto. Este vale é habitado apenas por animais como as pessoas que entram no vale normalmente são encontrados sem cabeça e completamente morto. As tribos indígenas da área de evitar este vale. (Essas tribos incluem osOjibways, o escravo, a Dogribs, o Stoney, os castores e os Chipweyans.) Este vale é muitas vezes referido como "o vale dos homens sem cabeça.

A entrada da caverna Liyobaa

Esta foi selada por padres católicos que acreditavam que fosse uma entrada para o "inferno". "A aldeia de 'Liyobaa" ou a traduzir, "A Caverna da Morte", foi localizada na província de Zapoteca, em algum lugar perto da antiga vila de' Mictlan 'ou aldeia do Underworld'.



"A Caverna da Morte realmente foi localizada na última câmara de um prédio de oito câmara ou templo. Este templo tinha quatro quartos acima do solo e quatro câmaras mais importantes construídas abaixo da superfície da Terra. Este edifício foi localizado em" Theozapotlan "e da entrada do túnel leva ao subsolo de uma montanha.
KGB -Mapa de Bases alienígena na Terra




AZAZEL8867 ·
Cidades dos Estados Unidos Underground, bases e sistemas de Túneis
MAPA DO GOVERNO de túneis subterrâneos
Para ver a lista completa: http://www.bibliotecapleyades.net/sociopolitica/esp_sociopol_underground18b.htm
Estas áreas foram encontradas em um mapa do governo mostrando apenas algumas das bases subterrâneas nos Estados Unidos.
Edwards Air Force Base: De Edwards um túnel vai para Vandenberg Air Force uma Base de Vandenberg e você volta para Edwards e vai para a base subterrânea a Sudeste em um lugar que o mapa designa como Cat, o que provavelmente significa ilha de Catalina, mostrando um disco voador lá e naves espaciais alienígenas são assim provavelmente vistas por lá.
O mapa mostra uma base subterrânea e um túnel que entra nele em um lugar chamado 29 palmas.
O próximo lugar no mapa onde uma base subterrânea, são os Montes chocolates.
Não parece ser um local em Nevada em Tonopah, Área 51 em Groom Lake, e um lugar designado como COG AFB.
No Arizona, temos locais em Wickiup e Page.
Utah existe uma em Salt Lake City (R & D AFB).
Há um em Riverton "M", de Denver, Colorado, Colorado Springs, Creedo COG e Delta.
No Novo México estão em Dulce, Taos, Alanos Los, ALB, AFB, Datil e Carlsbad.
No Texas há um em Lubbock. Denton "908" (COG) parece ter um caso isolado, Ft. Stockton e no México Velho há um em Chihuahua.
Tulsa Oklahoma tem uma e apenas a NE de lá, parecem ter uma com um disco que vem de fora.
Hutchison AFB Kansas tem uma...
Google Earth
base secreta Alien




Túneis e Grutas no Arizona
GRAND CANYON - Cave [s] perto da confluência dos rios Colorado e Little Colorado. Lendas Hopi dizem que seus antepassados ​​viveram no subsolo com uma corrida amistosa de "pessoas de formigas" [para não ser confundido com os sinistros "mantis" pessoas descritas por vários abduzidos], mas alguns de sua espécie se virou para feitiçaria e fizeram uma aliança com lagarto ou homens serpentes conhecidos como os "dois corações", que habitavam em cavernas ainda mais profundas abaixo. A "inundação" do mal e da violência forçou o Hopi pacífica para o mundo da superfície. Um explorador chamado GE Kincaid alegou ter encontrado "uma" das cavernas antigas, em que teriam sido descobertos
tipo de artefatos orientais, egípcios e Centro- americanos.
Arqueólogos da Smithsonian SA Jordan e associados também exploraram a caverna artificial com centenas de quartos, o suficiente para manter mais de 50 mil pessoas. A cidade subterrânea é cerca de 42 km acima do El Tovar Crystal Canyon Creek e Crystal, e cerca de 2000 metros acima do leito do rio na parede leste. John Rhodes depois de 3 anos de pesquisa de campo teria descoberto o Grand Canyon cidade, que está sendo usado agora como um museu para grupos elitistas e tem níveis mais baixos que estão sendo usados ​​por "super secretos agentes livro negro", que só pode ser inserido através de um porta de aço inoxidável na parte inferior de uma profunda escada dentro da "cidade" que está "guardada por um soldado muito solitário olhando para a escuridão ... vestido com um macacão branco e armado apenas com um rifle de assalto M16 para afastar sua imaginação. "
Fonte: DIÁRIO DO ARIZONA, 12 de marco de 1909 e 05 de abril de 1909, Robert Céu da manhã; John Rhodes
Top extra subterrâneo secreto Bases Alienígenas, Parte 1.



BannedUfos ·
América do Sul
Karl Brugger, em seu livro A Crônica de Akakor (. Delacorte Press, NY, 230 pp), dá a história - como dado ao autor por um dos seus chefes - da tribo Ugha Mongulala, cujos antepassados ​​foram supostamente parte de um vasto império que cobria a América do Sul nos tempos antigos. Alguns desses povos antigos, o chefe afirmou, deixou o planeta em naves aéreas para explorar outras partes do sistema solar e mais além, deixando para trás grandes cidades subterrâneas sob as montanhas dos Andes e oeste do Brasil.
Em 1971, devido à invasão constante de colonos brancos ou invasores em seu território, 30.000 sobreviventes do Mongulala Ugha supostamente fugiram para este antigo sistema de cidades subterrâneas, que consiste em 13 complexos subterrâneos separados todos conectados por túneis, um dos quais é dito estender-se a Lima, e outros dos quais estão localizados ao longo da Cordilheira dos Andes do Peru.
A revista Saga UFO Saga Anual [980, p4], sob o título 'Cavernas marcianas ", descreveu um encontro bizarro com criaturas subterrâneas que pareciam ter consistido de algum tipo de autômato-como formas, talvez em uma missão de reconhecimento de uma civilização subterrânea. A história envolveu um túnel perto Xucurus, Argentina (?), Cerca de 90 quilômetros de Buenos Aires. O túnel foi descoberto por agricultor Gerardo Cordeire, e encontrado para conter nove passagens de ligação e estranhas inscrições nas paredes.
Desde a sua entrada "homens nove metros de altura, verde, com antenas na cabeça e pernas quadrados" foram vistos a sair, e que, de acordo com centenas de testemunhas da cidade e os moradores das proximidades, se assemelhava enormes "rádios".
Camufladas "Bases extraterrestres" em nosso mundo


Há uma lenda antiga entre os hindus da Índia, que conta a história de uma civilização de imensa beleza debaixo da Ásia Central. Várias cidades subterrâneas são disse a ser localizada ao norte das montanhas do Himalaia, possivelmente no Afeganistão, ou sob o Hindu Kush. Este subterrânea Shangri-la é habitada por uma raça de pessoas douradas que raramente se comunicar com o mundo da superfície. De tempos em tempos, eles viajam em nossa terra através de túneis que se estendem em várias direções. Entradas para os túneis são acreditados para ser escondido em várias das antigas cidades do Oriente. Entradas do túnel estão a ser ditas em Ellora e as cavernas de Ajanta na Serra Chandore da Índia. "
Eric Norman
BRASIL
Um túnel no Brasil está perto de Ponte Grossa no estado do Paraná. (Pomares de frutas foram vistos aqui.) Outra entrada no Brasil está perto de Rincon, no Paraná. Além disso, no estado de Santa Catarina, Brasil, perto da cidade de Joinville, há uma montanha contendo uma entrada para os túneis. (Santa Catarina é uma área com a atividade subterrânea, incluindo 'sons' estranhos do subsolo). Outra entrada no Brasil está no estado de São Paulo, próximo a Conceição. Ainda uma outra entrada, em Santa Catarina perto de Gaspar e tem pomares subterrâneos."Os estados de Santa Catarina e Paraná, o Brasil está minado por uma rede de túneis Atlantes que levam a cidades subterrâneas."



A entrada da caverna maltês

Esta entrada está localizado na ilha de Malta, perto da aldeia de "Casal Paula." (Esta aldeia é construída sobre a "Corradino" plateau, e tem vista para a cidade capital de Malta, "Valletta", bem como a Grande Porto.) Em 1902, os trabalhadores de escavação de um poço em Casal Paula caiu em uma caverna subterrânea. O poço foi sendo escavado de uma casa em "Hal Saflienti," a rua principal em Paul House. A caverna dos trabalhadores caiu em conectado com todo um complexo de cavernas e túneis. Esta entrada é conhecido como o "Hypogeum de Hal Saflienti". (Em latim, "Hypogeum" é o nome de uma estrutura subterrânea.) "Os túneis sob a Hypogeum foram selados até mesmo desde a escola que levou 30 alunos para as cavernas e desapareceram, o guia e todas as partes. Pesquisa nunca foram capazes de localizar qualquer traço das pessoas e crianças.


A entrada Staffordshire, Inglaterra

Em algum lugar, em Staffordshire, Inglaterra, um campo em que só existe pot um operário que descobriu uma placa de ferro embaixo da grande sujeira. O "hatch" era grande e oval, com um anel de ferro montada sobre ele. Esta entrada levou para os túneis. O campo está em um vale cercado em quase todos os lados por floresta. O operário estava cavando uma vala para algum propósito. O incidente foi relatado em "A History of Staffordshire", pelo Dr. Plot, que escreveu o livro no final de 1700. É possível encontrar a entrada se ele pode ser determinado exatamente que vale o trabalhador estava cavando dentro

Base de Dulce, Novo México

Uma base subterrânea Militar / Laboratório em Dulce, Novo México se conecta com a rede subterrânea de túneis que favos nosso planeta, e os baixos níveis desta base são alegadamente sob o controle dos seres do interior da Terra ou estrangeiros. Esta base é ligada a instalações de pesquisa de Los Alamos através de um metro "tubo de transporte." (Pode-se presumir que tal modo de transporte seria uma construção da linha recta. Deve então ser possível, por meio de mapas e um pouco de dedução, para determinar o local mais provável para esta base, especialmente uma vez que a localização geral já é conhecido. ) A partir de 1947, uma estrada foi construída perto da Base Dulce, sob a cobertura de uma empresa madeireira. Não madeira nunca foi rebocado, ea estrada foi mais tarde destruída. Navajo Dam é a principal fonte da Base de Dulce de poder, embora uma segunda fonte é em El Vado (que também é uma outra entrada). (Nota:. Os fatos acima também deve ajudar a localizar a base) A maioria dos lagos perto de Dulce foram efectuadas através de subsídios do governo "para" os índios. (Nota: A setembro de 1983 questão da Omni (Pg. 80) tem um desenho colorido de "O Subterrene", o Los Alamos máquina túnel de propulsão nuclear que escava através da rocha, no subsolo, por aquecimento qualquer pedra que encontra rochas fundidas, que resfriam após o Subterrâneo ter mudado. O resultado é um túnel com um revestimento de vidro liso,) "(Nota:. Onde a rocha derretida vai. E o que foi feito com este conceito desde 1983)?

Bechtel (BECK-tul) é um super segredo de um conglomerado corporativo internacional, fundado em 1898. Alguns dizem que a empresa é realmente um braço de trabalho de um "Governo das Sombras da CIA. É o maior de construção e equipamento de engenharia nos EUA e no mundo (e alguns dizem que, além). "" As mensagens mais importantes no governo dos EUA são detidos por ex-funcionários da Bechtel. Existem mais de 100 saídas secretas perto e em torno de Dulce. Muitos ao redor de Archuleta Mesa, outros para a fonte em torno do lago Dulce e até mesmo a leste, até Lindrich. Seções profundas do Complexo conectam em Sistemas de caverna natural. (Nota:. Os elevadores, luzes e portas de Base de Dulce são magneticamente controlada)

A área em torno Dulce teve um elevado número de mutilações de animais relatados. "Os pesquisadores da Base de Dulce também sequestrado várias pessoas da população civil Dulce e implantados dispositivos de vários tipos em suas cabeças e corpos (Nota:.. Livermore Berkeley Labs (onde? ) começou a produzir sangue para a Base de Dulce em meados de 1980, e os raptos humanos e animal diminuiu consideravelmente. Ele pode ser útil para o check-out Livermore Berkeley Labs.) DELTA grupo (do Grupo Nacional Recon) é responsável pela segurança de todos os extraterrestres conectados projetos. O símbolo DELTA é um triângulo preto sobre um fundo vermelho. símbolo Dulce Base de Dados é um Delta (triângulo) com a letra grega "Tau" (t) dentro dela, e então todo o símbolo é invertido, de modo que os pontos do triângulo para baixo, eo "Tau" também é invertido. Christa Tilton (foi sequestrado e levado para Dulce Base) Ela é o editor de "Crux" da revista, que lida com os OVNIs, raptos, etc PO Box 906237 Tulsa, Oklahoma (zip? ??)

Bases nos Estados Unidos Mt. Ranier, Estado de Washington Monte. Lassen, Tehama County, Califórnia, Vale da Morte, Califórnia Superstition Mountains, Arizona Monte. Shasta, Califórnia Brown Mountain, North Carolina Monte. Entrada Ranier.

Uma muito ativs base de OVNI existe debaixo do Monte Ranier. Há também quem diga ser "cofres" contendo registros dos Lemurianos antigos. (Nota: FL Boschke escreveu o livro "O inexplicável" sobre os mistérios que cercam o Monte Ranier..) A capa de gelo do Monte Ranier contém um labirinto de corredores e cavernas. Em agosto de 1970, os cientistas subiu ao topo do Monte Ranier, e entrou dessas cavernas e túneis. Foram encontradas evidências indicando que existe um pequeno lago profundo sob a camada de gelo. É possível que se poderia encontrar uma maneira de obter sob o Monte Ranier através destes túneis.

O Monte. Entrada Mt Lassen. Lassen em Tehama County, Califórnia, é uma entrada para uma grande cidade subterrânea. Próximo ao pé do Monte. Lassen é uma cidade chamada Manten. Um homem chamado "Campos Ralph B." viveu (vive?) Lá, e encontrou a entrada para a cidade subterrânea. Seu amigo "Joe" estava com ele. A entrada da caverna fica no lado da montanha, em um pouco mais de 7.000 metros acima do nível do mar, e está perto de uma rocha afloramento apropriado para acampar sob.

Entrada do Death Valley, na Califórnia.

Lendas locais indígenas falam de um túnel que corre sob o deserto. (Nota: O livro "Homens do Vale da Morte", conta a história de três pessoas que deveriam ter encontrado uma cidade subterrânea conectada com este túnel, e que realmente levou tesouros de que A entrada para o túnel do Vale da Morte está no Panamint. montanhas para baixo na extremidade inferior do intervalo de perto Wingate Pass, no fundo de um poço abandonado velho. O fundo do poço é fechado, a abertura de uma entrada para um sistema de túnel muito grande contendo tesouro. Estes túneis conectar com a superfície também através arcos (como janelas grandes) no lado da montanha e olhar para baixo em Death Valley. Eles estão muito acima do vale agora, mas eles foram uma vez à beira da água, e foram acessadas por barcos. "Windows" no lado do Vale da Morte das Montanhas Panamint são cerca de 4,500-5,000 metros acima do fundo do Vale da Morte, e são através de Furnace Creek Ranch. Destas aberturas que você pode ver o verde da fazenda abaixo de você e Wash Furnace Creek através do vale . (Então, com binóculos de alta potência ou um telescópio, você deve ser capaz de ver as aberturas do Furnace Creek Ranch, ou Washington). Você pode dirigir até Emigrante Canyon para Death Valley. Você pode estacionar ao lado da estrada entre Fornalha Creek Ranch ea cama de sal. (A partir daqui, as janelas devem ser visível através de binóculos.) lendas indígenas dos índios Paiutes falar das pessoas que viviam em cavernas do Panamint do.


A entrada do Monte Shasta, CA

Há túneis sob o Monte Shasta que conduzem a uma base de UFO lá, bem como túneis que ligam com a rede de túneis vasto mundial. A cidade lemuriana "Telos" é dizer que existe debaixo Monte. Shasta. William Hamilton fez muita pesquisa em MT. Shasta e os túneis. Ele privada publicou um livro intitulado "Magic Alien" 249 Norte Marca Boulevard, Suite 651 Glendale, CA 91203


A entrada da montanha Brown

Brown Mountain é na Carolina do Norte perto Morganton. Morganton é "cerca de 15 quilômetros ao norte de um marcador de estrada real que foi publicado pelo Estado de fornecer qualquer visitante a melhor vista" da montanha de Brown. Brown Mountain é uma área em que muitas luzes estranhas foram vistas. Há entradas que levam dentro da montanha a uma base alienígena isolada (?).

Fonte: Before Itś News

Do Blog horizontenews.blogspot.com.br/

domingo, 21 de abril de 2013

CSPU Confirma Entrevista com Jornalista Chileno na Reunião de Abril

Um dia após o aniversário de 36 anos do caso Valdés (25 de abril de 1977) um dos mais intrigantes da ufologia mundial, o CSPU realizará sua reunião de abril fazendo um precioso resgate desse acontecimento.
Neste mês, nossa reunião acontece dia 26 e trará um vídeo histórico com as palavras do jornalista Patrício Abusleme, considerado uma das maiores autoridades mundiais sobre o caso Valdés.
O CSPU desde o início do mês veio mantendo contato com o jornalista e prepara a edição de um material exclusivo extraído de conversa de mais de uma hora com Patrício, que apesar ter com idioma nativo o espanhol, respondeu todas as perguntas em bom português, visto que conhece bem nosso idioma por ser casado com uma brasileira.
Informações incríveis e reveladoras sobre o caso tornam este material realmente histórico, detalhes esclarecedores e colhidos diretamente de fontes primárias, análises comparativas de informações na perspectiva jornalística tornam o conteúdo da entrevista ainda mais interessante.
Toda equipe do CSPU só tem a ser grato a este competentíssimo jornalista, que com recursos próprios realizou toda sua pesquisa e publicou um grande livro, algo que deveria ter reconhecimento em nível por seu brilhantismo. Ademais, Patrício foi extremamente solícito e paciente com a equipe do CSPU, disponibilizou seu tempo em duas oportunidades e, em nenhum momento, deixou de responder a nossos questionamentos nem realizou nenhum tipo de exigência para prestar a entrevista.
Ao término desta pesquisa sobre o caso Valdés, o CSPU terá em seus arquivos mais um material histórico, que deve ser exibido em primeira mão em nossa próxima reunião. Portanto, um bom motivo para termos casa cheia na reunião de abril.

Se eu fosse você, não perderia por nada

 

O evento mais esperado da Ufologia Brasileira nos últimos anos

A Ufologia Brasileira aguarda com ansiedade a realização, em junho deste ano, do I Fórum Mundial de Contatados, um evento que discutirá a parte mais complexa do Fenômeno UFO com um formato inédito no país e no mundo. O Fórum é uma promoção da Revista UFO, idealizada para reunir pela primeira vez pessoas de vários países que tiveram a experiência única e especial de estarem frente a frente com seres extraterrestres e suas naves.

image001

No I Fórum Mundial de Contatados, contatados por extraterrestres, abduzidos e testemunhas de casos ufológicos de grande impacto se reunirão para apresentar e discutir suas experiências livremente ao público, acompanhados dos pesquisadores que as investigaram, que são especialistas reconhecidos internacionalmente. O evento ocorrerá em Florianópolis, de 14 a 16 de junho deste ano, e é aberto a todos os interessados.

I Fórum Mundial de Contatados

Hotel SESC Cacupé, Florianópolis (SC)
14 a 16 de junho de 2013

Informações:
www.contatados.com.br

Facebook:

www.facebook.com/contatados2013

Ministério da Defesa e ufólogos brasileiros acertam canal de comunicação inédito no mundo

 

 

Reunião história ocorrida no dia 18 em Brasília pode dar início à cooperação entre militares e civis na pesquisa de UFOs

"Membros da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) e representantes das Forças Armadas reuniram-se em Brasília na tarde desta quinta-feira, em evento intermediado pelo Ministério da Defesa (MD) para tratar do acesso a documentos militares que tratam de relatos envolvendo objetos voadores não identificados (OVNIs)".
Com estas palavras teve início a nota oficial publicada no site do próprio Ministério da Defesa do Brasil, que descreve a histórica reunião de 18 de abril de 2013, em Brasília, uma data a ser lembrada nos anos que estão por vir. Ela marca o princípio da futura cooperação oficial entre os militares e os ufólogos brasileiros, para dar respostas sobre o fascinante problema da questão ufológica à sociedade.

Veja mais informações abaixo da imagem

image001 

Legenda: O editor da Revista UFO A. J. Gevaerd explica aos militares os propósitos da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) e pede a criação de uma entidade especializada na pesquisa de discos voadores no país

O encontro foi uma resposta direta do Ministério da Defesa à Carta de Foz do Iguaçu, documento expedido pela Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) e integrantes da Revista UFO durante o IV Fórum Mundial de Ufologia, ocorrido em Foz, em dezembro passado. Assinada por mais de 30 conferencistas presentes, de uma dúzia de países, e por um público acima de 500 pessoas, a Carta agora foi o elemento que motivou a reunião.

Com esta reunião, o Brasil entra para o seleto rol, de países que tratam seriamente da questão ufológica. O próximo passo, agora, além de ser definido o canal de comunicação com que ufólogos interagirão com as Forças Armadas, será o estabelecimento de um comissão própria de pesquisa ufológica composta por civis e militares.

Veja este texto completo e fotos do histórico encontro aqui:
http://www.ufo.com.br/noticias/ministerio-da-defesa-e-ufologos-acertam-canal-de-comunicacao-inedito-no-mundo
Revista UFO Brasil, fazendo mais pela Ufologia Brasileira:
www.ufo.com.br

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Quatro crianças levadas a bordo de um OVNI, na Argentina

 

Quatro crianças foram levadas a bordo de um OVNI, vendo as maravilhas do universo, numa viagem de três dias no espaço; um relatório de autoridades civis militares.

"Estariam as crianças a mentir"?

Crianças Butu nesta idade são incapazes de mentir, pelo menos assim entende Rodrigo Ortiz, investigador especial do departamento de polícia de Concórdia, Argentina.

As crianças afirmam ter passado algum tempo numa nave espacial.

Reportagens de jornais sobre o incrível drama identificaram as crianças, Maria Molero de 8 anos, sua irmã Emma, ​​6, Jorge, 5 e Carlos, 3.

De acordo com as crianças e meia dúzia de outras testemunhas oculares, foi observado um objeto voador não identificado com a forma de disco que voou sobre o campo em que as crianças se encontravam, no dia 9 de Agosto de 1992, emanando uma luz muito forte, sugando estes para o seu interior, desaparecendo numa explosão luminosa.

"Um grande navio de ouro nos levou para o céu e foi conduzido por Deus - Eu sei que foi Deus" - dizem as crianças.

"Eles usavam vestes douradas, tinha longos cabelos prateados e foi SINY que disse a Maria Molero, a mais velha das crianças sequestradas, que ele era um homem pacifico e pediu para chamá-lo de Laiar. Ele mostrou-nos a lua e outros lugares no céu e disse que eles eram das estrelas."

As restantes crianças confirmavam a história, revelando algum medo inicialmente.

"Laiar, o 'ser', raspou o rosto com um pauzinho e uma agulha, mas sem intenção de nos prejudicar", disse Jorge Molero.

"Gostei dos quartos, porque todas as camas eram suaves", acrescentou Emma Molero.

Carlos Molero, o mais novo, disse: "Havia um milhão de botões e luzes. O homem era engraçado, porque ele tinha uma cabeça grande e dois grandes olhos amarelos. Ele é nosso amigo..."

Devido ás dificuldades de entrevistar crianças, as autoridades ainda não conseguiram determinar tudo o que lhes aconteceu durante os seus três dias a bordo da nave espacial.

Parece que eles passaram por algum tipo de testes médicos, porque as marcas de agulha e os raspados ainda eram visíveis em suas bochechas, após chegarem em casa, disseram autoridades do caso.

Um porta-voz militar não confirmou nem negou os relatos da imprensa de que um OVNI foi registado no radar no dia, em que as crianças foram sequestradas.

Artigo de Jeanne Kolden

Weekly World News

Fonte: UFOSONLINE

terça-feira, 16 de abril de 2013

domingo, 14 de abril de 2013

36 anos da Noite dos Sentinelas




Ilustración caso
Caso Valdes, a Noite dos Sentinelas
Para muitos, até mesmo alguns ufólogos, o dia 25 de abril de 1977 ainda é uma data inexpressiva.
Porém, para os que conhecem um pouco mais o tema, esta data está marcada como um dos casos mais incríveis da ufologia moderna, estando classificado por muitos especialistas entre os cinco mais importantes em nível mundial.
Mas afinal, o que foi mesmo a "Noite dos Sentinelas" ou como é mais conhecido, o "Caso Valdés"?
Na data citada, oito soldados, dentre eles o cabo Valdés, tiveram um contato com duas luzes na distante localidade de Putre, ao norte do Chile, ocorrendo um rápida abdução do cabo.
Uma dos aspectos mais incríveis desta história é que o militar ficou 15 minutos desaparecido e ao retornar tinha, por incrível que pareça, a barba crescida como se tivessem passados cinco dias e seu relógio digital marcava uma alteração também de cinco dias a frente, ou seja, 30 de abril, além de falar, conforme disseram os soldados que o acudiram, a célebre frase dita pelo cabo, como se estivesse em estado de transe: "Vocês não sabem que nós somos, nem de onde viemos, mas logo voltaremos".
Muitas informações podem ser encontradas sobre o caso em todo planeta, mas um jornalista chileno se tornou a principal figura, quiçá a mais importante, a conhecer o tema.
Na investigação deste caso, o CSPU já manteve contato com o jornalista chileno, que deve prestar uma entrevista e trazer detalhes sobre seu trabalho em breve.
Jornalista Patrício Abusleme
Sério, cético e com uma postura reconhecida internacionalmente como um profissional do mais alto nível, Patrício Abusleme é foi além da investigação, ele é autor do livro "La noche de los Centinelas", obra que traz os mais incríveis detalhes sobre o acontecimento. Ele esteve com o cabo Valdés, visitou a localidade de Putre, conversou com os outros soldados e outras testemunhas.
Até lá, nós do Centro recomendamos aos interessados que adquiram o livro, que é vendido diretamente pelo próprio jornalista por um preço extremamente acessível e com segurança de entrega.
No Brasil, os pedidos podem ser feitos pelo correio ventas@lanochedeloscentinelas.cl, no valor de R$ 25,00 + despacho, ou seja, um valor irrisório para importância do trabalho. Deixamos o link de acesso para você ver um pouco mais sobre o caso.
Ainda esta semana publicaremos novidades sobre o contato com o investigador, ao tempo em que pretendemos abordar esta temática na próxima reunião, dia 26/04/2013, um dia após o aniversário do acontecimento.

Por Jânder Magalhães, membro do CSPU

Parabéns CSPU

 

image

Hoje 14 de Abril, fazem 14 anos da criação do nosso grupo de pesquisa para o fenômeno ufo e outras coisas estranhas acontecidas em Sobral e municípios próximos. Foi num dia como hoje que aprovamos o estatuto e registramos em ata. Seu Estatuto foi divulgado em 30 de Junho de 1999 na Imprensa Oficial do Município de Sobral e registrado em cartório em 13 de Dezembro do mesmo ano. O CSPU tem como finalidade investigar e divulgar a casuística ufológica nas regiões Norte e Noroeste do Ceará. Jacinto Pereira de Sousa, Franklin Adolfo Pinotti Bevenuti, David Mendes de Sousa, Cláudio Rodrigues Dias, Antônio Romão Silva, Antônio Coelho Sousa, Francisco Ferreira da Mota, Francisca Eleni Mota, Manoel Segismundo Pessoa dos Santos Parente Viana, Carlúcio Campos de Souza, Reginaldo Vasconcelos de Athayde, Antônio Dartagnan Salmito de Melo e Maria do Socorro Rodrigues Costa foram os primeiros filiados. Antes da criação do CSPU, esses ufólogos se reuniam eventualmente para socializar informações ufológicas, a esses encontros, que acontecia sempre em restaurantes locais, denominava-se de Ufonight

DSCF1545

O CSPU é um dos poucos grupos de pesquisa que mantem atividade constante. Fazemos vigílias (como nesta sexta-feira última, quando eu e Elenilton Roratto estivemos de plantão numa pedreira no município de Massapê, esperando  por um suposto óvni que, segundo moradores da área, passava toda sexta entre 23 e 01 hora, mas nesta ele falhou e não vimos nada parecido), palestras e intercâmbio de informação com outros grupos de pesquisa. Também mantemos encontros mensais, para socialização de novidades relacionadas ao Fenômeno Ufo. Acima foto da ultima reunião.

No próximo dia 26 estaremos reunidos no auditório da Educacional Ieducare,  na Rua Dr. João do Monte, nº 343 - Centro, por detrás do Hospital Dr. Estevão e atrás do Abrigo Sagrado Coração de Jesus, sede da Diocese de Sobral

A Pauta: !9:00h Abertura e conceituação com Jacinto Pereira; Informes e depoimentos com palavra facultada a todos; Apresentação minuciosa do Caso Valdez com Jander Magalhães, um dos casos chamados Clássicos da Ufologia mundial. Debate e encerramento as 22 horas.

A entrada é franca

sábado, 13 de abril de 2013

Local da próxima Plenária do CSPU

Prezado amigo e presidente Jacinto Pereira, conforme solicitação do CSPU, o Grupo Educacional Ieducare, está disponibilizando para o dia 26 do decorrente mês, o auditório da Instituição para a realização da reunião. O endereço fica na rua Dr. João do Monte, nº 343 - no centro da Cidade, por detrás do Hospital Dr. Estevão e atrás do Abrigo, sede da Diocese de Sobral

 

Elenilton Roratto.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Erich von Däniken no Brasil


O escritor de uma das obras mais conhecidas dentro da ufologia mundial está no Brasil participando de uma série de palestras sobre o Antigo Egito, com o tema “O Egito Secreto - velhos mistérios e novas descobertas”. Erich von Däniken, o escritor do livro "Eram os Deuses Astronautas" Aproveitou para dar uma entrevista ao Jô Soares, que na minha opinião não soube explorar todo o conhecimento do escritor, até mesmo porquê a entrevista não durou nem quinze minutos. De qualquer forma, você leitor do nosso blog pode assistir no link abaixo.
Entrevista do Jô Soares

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Audiência Global



De 29 de abril até 3 de maio, acontecerá em Washington a Audiência Global para a Revelação ao Público do fenômeno extraterrestre. Um evento de implicações históricas, acontecerá no National Press Club de Washington, DC, de 29 de Abril até 3 de Maio de 2013. Nada menos que 40 investigadores e membros de agências militares, assim como testemunhas apresentarão publicamente seu testemunho durante 30 horas ao longo de cinco dias. A apresentação das testemunhas se dirigirá aos membros do Congresso dos Estados Unidos da América em um evento sem precedentes históricos.

Fonte e Site do acontecimento.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Estou sempre interessado em ufologia

Sou um Ufólogo. A mais de trinta anos me dedico a pesquisar o Fenômeno Ufo e a divulgar os vestígios encontrados, comprobatórios da presença alienígena na Terra. Tenho proferido inúmeras palestras sobre essa temática. Tenho o maior interesse em divulgar os resultados de minhas pesquisas para estudantes, principalmente universitários, já que as universidades não se interessam pela pesquisa das evidências do citado fenômeno em toda a História Humana. Falo isto como um acadêmico graduado em História. Portanto, se alguma escola ou universidade que tiver abertura para tratar dessa matéria, entre em contato comigo ou outros companheiros do CSPU. meu E-mail é jacintops@yahoo. com.br e meu telefone é 88 99210172

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Radioamadorismo: Rede QAP OVNI

 

Postado em 13 março, 2013 // 4 Comentários

Vigília via RADIO 24 horas no ar

Radioamadorismo ovniológico

O Grupo Ufo-Gênesis opera estações de radio em todo o Brasil através de antenas repetidoras, sistema direto e via internet através de programas próprios com o famoso ‘Echolink‘ que possibilita a utilização de radio, integrado à grande rede.

Sempre na escuta e de prontidão nas principais repetidoras em UHF como a: 439.700, 439.650 e 439.950, todas instaladas numa altitude média de 1.250 metros acima do nível do mar, na Serra da Cantareira, os ovniólogos conectados conseguem uma abrangência de sinal num raio de até 300 km de distância.

Radiocomunicação é um sistema seguro e eficiente que se mantém mesmo com o avanço da internet

Fazendo uso de equipamentos fixos ou portáteis, como os HT´s, as vigílias noturnas de observação dos céus em busca de oportunidades de registrar a aparição de objetos voadores não identificados (OVNI´s) ou outros fenômenos, torna-se mais prático dada a cobertura maior de alcance.

Radioamadores localizados ao longo do país e inclusive nas imediações onde se opera as atividades de pesquisa, podem prestar apoio de observação à partir dos seus pontos e reportar a existência ou não de evidências que mereçam ser registradas pelos estudiosos.

Existem diversos tipos de radioamadores espalhados pelo mundo e sistemas que os interligam em diversas frequências

O importante é estarmos todos de olho nos céus cobrindo a maior área possível, pois assim aumenta-se a chance de em algum momento, depararmos-nos com os OVNI´s.“ _ Esclarece Cloves Xavier, 37, coordenador do Grupo Ufo-Gênesis à 08 anos e testemunha ocular de vários eventos fóra do comum, tidos como extraterrestres. É o caso das exibições das chamadas “sondas” (artefatos em formato de pequenos globos brilhantes que flutuam em meio às pessoas e localidades, supostamente em observação e coleta de informações sobre os humanos) que são comuns nas principais atividades como a ‘vigília’ proposta.

Equipamentos de radio são os mais diversos, o radio-base como o desta imagem é o mais utilizado.

Se você é radioamador, cadastre-se na chamada REDE QAP OVNI através do e-mail : contato@ufogenesis.com.br e participe do sistema de informações de avistamentos via radio.

Quando localizar nos céus de sua localidade, algum ponto irregular nos céus ou algo que julga merecer o conhecimento dos demais, avise os pesquisadores de plantão através dos principais repetidores abaixo:


UHF 439.650 MHz
(subtom 123.0 / shift “-” 5000)

UHF 439.050 MHz
(subtom 67.0 / shift “-” 5000)

…utilizando o indicativo de chamada : PU2ttk (QRA Clovis), informe a situação e direção onde encontra-se o fato.

‘REDE QAP OVNI’

Rede QAP OVNI é uma realização do
Grupo de Pesquisas Ufológicas Ufo-Gênesis
São Paulo – SP

Coisas estranhas em lago russo:

 

Aliens anfíbios em lago russo dizem os aldeões. Ação da ONU é desejada, os primeiros pesquisadores são enviados para Gulag

As pessoas da aldeia de Karelian Vedlozero estão perdendo a paciência. Os moradores estão preparando um apelo à ONU para exigir uma vez por todas para alguém descobrir o que está acontecendo no espaço acima de sua cidade. Aliens estão a visitar o local remoto desde 1928 e os militares russos tem procurado uma nave acidentada extraterrestre no vasto lago na área.
Camponeses locais, incluindo um homem, FP Fedotov relatou ter visto algo parecido com um cilindro grande com chama vermelha de streaming de seu acidente na extremidade traseira em um lago. Alguns dizem que ainda está deitado no fundo do lago e prejudica pescadores tentam pescar lá. Após a queda do objeto, os moradores começaram a notar uma estranha criatura longa de - 1,2 metros . O corpo da criatura apareceu magro e suas mãos estavam tocando o chão. Cada lado teve quatro dedos. A criatura era incrivelmente terrível, seria sempre esconder na água sempre abordagem por seres humanos.
O ser humano-como o anfíbio foi também relatado por várias pessoas em torno de Vedlozero Lake. A criatura foi vista várias vezes no lago por moradores locais. Um grupo de pesquisadores da Universidade de Petrozavodsk chegou a investigar o caso no local. Infelizmente, os resultados foram classificados e os membros do grupo de pesquisa finalmente pereceram no Gulag


Eles dizem que é um fato que, por quase uma centena de anos, a vila foi atacada os objetos voadores não identificados. De acordo com o testemunho de moradores locais, esquadrão inteiro de UFOs chegam regularmente. Ufólogos não sei o que está acontecendo, mas bolas de fogo continuar a alinhar em formas geométricas sobre as cabeças dos camponeses.


Contexto: A região de Karelia Pryazha é perto do lago Vedlozero. Esses lugares são longe da civilização, mas um lugar popular para os OVNIs para este dia. Em 1928, um evento virado Shuknavolok vida da aldeia, que estava perto do lago.


Um ofício em forma de charuto é relatado que caiu no lago.

Então, todas as pessoas assistiram a fuga silenciosa de um comprimento de corpo cilíndrico de cerca de 10 metros, em um caminho descendente. De acordo com testemunhas, a cauda do objeto vomitou faíscas e chamas avermelhadas.
Село Шокша - The Karelian village Shoksha
A vila de Karelian Shoksha na Rússia
Em 1988, uma expedição de Petrozavodsk State University reuniu-se com a única testemunha sobrevivente do evento. Ele confirmou todos os fatos já conhecidos, e mais uma vez disse a um UFO, escondido atrás da Chiyraako ilha, onde a julgar pelo som, ele quebrou o gelo e caiu na água. Moradores notaram a presença de um objeto grande no fundo do lago por décadas e uma vez que é difícil pegar peixe.

A coisa mais surpreendente foi a acontecer mais tarde. Quando os habitantes das aldeias vizinhas e vilarejos foram ao encontro no banco de Vedlozero uma estranha criatura com uma grande cabeça, de pé pouco mais de um metro de altura que era "todas as vertentes fechados, hair-like". Seu corpo era magro e "braços magros parecia atingir o chão, e as pernas eram curtas."

Histórias sobre a reunião com as centenas de entidades estranhas deixam perplexos de moradores. Ele foi visto não apenas observadores individuais, mas também grupos de 10 pessoas. Como regra geral, vendo as pessoas sendo mergulhar na água, por isso foi apelidado de "água".

Depois disso, esses lugares são muitas vezes são marcados por anomalias. Por exemplo, em 1932, foi para a aldeia que Shuknavolok foi envolvido por uma "nuvem densa de cor escura." Quando ele se foi, a terra estava coberta por uma substância semelhante à gelatina. A camponeses reunidos em um frasco, e, em seguida, ser utilizado como medicamento.

E a mulher de Fedorov não muito tempo atrás, em 1987 viu um OVNI com quatro anéis brilhantes, mais ou menos no mesmo lugar, como descrito por um corpo em queda em 1939.

Agora, no campo em torno de Shuknavolok as pessoas observam a interferência da televisão. Mas em territórios vizinhos apenas 5 quilômetros de distância - sem interferência de lá.

No início da primeira década do século 21, os mergulhadores exploraram os entusiastas do lago. Mas a busca foi prejudicada água muito barrenta ea completa ausência de pontos de referência, como a própria ilha Chiyraako por esse tempo quase entrou em colapso. No entanto, a pesquisa não foi em vão - na parte inferior foi encontrada uma formação misteriosa que parece uma reminiscência de lava.

Vodlozero é muito grande, se não o maior, Parque Nacional na Europa

ADG Facebook: http://www.facebook.com/pages/Alien-D ...Siga ADG no Twitter: https://twitter.com/adg_uk

Os 10 Mais Estranhos Encontros de OVNIs

 

Por Bruno Calzavara em 11.04.2011 as 0:42

Não há quem fique indiferente quando o assunto são os OVNIs. Desde o forte crente até o cético mais arrogante, todo mundo tem uma opinião sobre aqueles pontinhos brilhantes que aparecem (ou não) de vez em quando nos céus do nosso planeta. Alguns acreditam que os OVNIs são viajantes de outros planetas ou dimensões. Para outros, trata-se de aeronaves militares experimentais.

Inúmeras pessoas de todos os cantos do globo já alegaram terem visto naves espaciais – e muitas das histórias coincidem com relatos de outras pessoas de lugares muito distantes. O padrão se segue desde os tempos anteriores à “popularização” dos ETs através do cinema, televisão e literatura.

Lenta, mas seguramente os cientistas estão começando a concordar que é matematicamente impossível que não exista vida inteligente não existe como no nosso planeta na vastidão infinita do universo, e nos trilhões de planetas que ele contém. Wernher Von Braun, o pioneiro do programa espacial americano Apollo, uma vez sintetizou toda a discussão sobre o assunto: “Nós temos duas altarnativas: ou estamos sozinhos no universo ou não estamos sozinhos no universo. E, de qualquer modo, as implicações são enormes”.

Possivelmente, no futuro, olharemos para o passado dando risada da dúvida que há sobre vida extraterreste – da mesma forma como fazemos agora quando lembramos que as pessoas costumavam pensar que a Terra era plana e que não orbita o Sol. Mas talvez esse dia nunca chegue. Enquanto ainda especulamos sobre ETs, OVNIs e suas implicações, eis os 10 casos mais bizarros de encontros de ETs e suas naves espaciais já registrados:

10 – A aparição do gramado de boliche

Durante a noite de 12 de fevereiro de 2010, Roy Shaw, um cético para assuntos paranormais, estava passeando com seu cachorro em Devon, Inglaterra. Andando pelas tranquilas ruas de seu bairro, ele começou a se aproximar do clube de Boliche na Grama local, quando foi surpreendido por um objeto estranho pairando alto no céu.

Nebuloso e distante, num primeiro momento, começou a descer lentamente e se mover mais perto na direção de Shaw. De formato circular, a nave ficou suspensa acima do clube de boliche e Shaw entrou no terreno para obter uma melhor visão do objeto. Ele assistiu com espanto o ziguezaguear e a aterrissagem do outro lado do gramado.

Ele se surpreendeu ao encontrar a nave espacial de 30 metros de comprimento, com luzes azuis e vermelhas piscando em volta. Neste momento, um vulto branco saiu da espaçonave e flutuou em direção a ele, atravessando o gramado. “Tinha cerca de 1,20m, parecia ser translúcido e se mexeu muito lentamente em nossa direção. Fiquei paralisado porque ele fazia um ruído estranho que soava como “meu, meu” repetido várias vezes”, relatou mais tarde a jornais.

Seu cão, Sydney, normalmente é muito calmo, começou a rosnar e mostrar os dentes para o ser desconhecido. Neste ponto, Shaw saiu correndo para salvar sua vida, com tanta pressa que torceu o tornozelo. Outra pessoa que passeva com o cachorro nas redondezas afirmou ter visto a nave decolar novamente em direção ao céu em um ângulo de 45 graus. Mesmo após o encontro bizarro, Roy Shaw ainda se diz cético quanto a assuntos paranormais. Na foto, o esboço do OVNI que ele viu.

9 – ET com sotaque

Angustiada, uma mulher telefonou para a Força Aérea de Wattisham, em Suffolk, Inglaterra, no dia 21 de novembro de 1989, para relatar o encontro que teve na noite anterior com um homem estranho perto de casa. Por volta das 22h30, a mulher estava andando com seu cachorro (parece ser um padrão) perto de um campo de esportes quando foi abordada por um homem com um “sotaque que parecia ser escandinavo”. Ele vestia um macacão marrom-claro que parecia ser um traje de vôo.

No relatório sobre o caso publicado recentemente pelo Arquivo Nacional, lê-se: “O homem perguntou se a moça estava ciente de histórias sobre grandes áreas circulares achatadas que surgiram em campos de trigo. Em seguida, explicou que ele era de outro planeta semelhante à Terra, e que os círculos foram causadas por outros como ele, que tinham viajado para o nosso planeta”. O homem prosseguiu dizendo que suas visitas eram amigáveis, mas foi ordenado a não fazer contato no caso de serem vistos como uma ameaça. Ele disse que desobedeceu as ordens porque sentiu que seria importante estabelecer contato entre os povos.

Eles conversaram por dez minutos até que, de repente, o homem misterioso correu na direção de onde veio. A mulher, percebendo a gravidade da sua situação e com medo do que acabara de acontecer, também correu, só que para casa, em estado em pânico. Enquanto isso, ela ouviu um barulho ensurdecedor, como um zumbido crescente, atrás dela. Ela se virou e então viu um grande objeto esférico, brilhante e de cor branca e laranja em ascensão até, eventualmente, até desaparecer na atmosfera. O Ministério da Defesa dos Estados Unidos, em nota anexada ao arquivo, descreveu o caso como “um dos nossos relatórios mais incomuns sobre ETs”. O operador que recebeu a chamada da mulher em 1989 descreveu-a como verdadeira.

8 – O caso de Wyoming

Em 1974, Carl Higdon estava caçando na Floresta Nacional de Medicine Bow, Wyoming, Estados Unidos. Enquanto atirava em um dos alces, algo estranho aconteceu: sua bala parecia se mover em câmera lenta. Quando ele tentou verificar o que acontecia com a bala, um repentina sensação estranha apoderou-se dele. Virando, ele viu um humanoide com mais de seis metros de altura – que ele descreveu como tendo um macacão preto, um cinto largo decorado com uma estrela de seis pontas e um emblema amarelo.

Tinha cabelos lisos que cresciam para cima e não possuía sobrancelhas. Ainda tinha pernas e braços longos que terminam com apêndices no formato de varas no lugar das mãos. O ser lhe perguntou se Higdon estava com fome e lhe deu quatro pílulas, dizendo-lhe que se ele comesse uma delas, não ficaria mais com fome durante quatro dias. O humanoide, em seguida, apontou para Higdon e, num instante, ele se viu envolto por um dispositivo transparente e usando um capacete.

Outros dois humanoides apareceram carregando os cinco alces que Higdon havia caçado antes, que agora estavam duros, em um estado artificialmente congelado. Foi-lhe dito que ele viajaria até o planeta natal deles, a 163 mil anos-luz de distância. Chegaram lá em um instante. No planeta, Higdon relata ter encontrado muitos edifícios que se assemelhava à Torre de Seattle. O sol do planeta era de um calor intenso.

Sua próxima lembrança era de estar de volta ao parque, duas horas e meia após o episódio da bala em câmera lenta. Ele estava em um estado perturbado, incapaz de encontrar seu caminhão. Acabou por fim achando-o a quase cinco quilômetros de distância. De lá, entrou em contato com o delegado do condado, que o encontrou à meia-noite exausto e desesperado, gritando “eles levaram meus alces!”.

Higdon foi levado para o hospital local e examinado. Os níveis de todas as vitaminas estavam milagrosamente altos. As marcas de tuberculose que ele tinha nos pulmões haviam desaparecido. A esposa de Higdons e outras duas pessoas da região viram luzes verdes e vermelhas brilhando no céu na noite do rapto.

7 – O caso no Oeste da França

George Gattay era um homem muito respeitado na cidade de Nouâtre, no oeste da França. Um veterano da Segunda Guerra Mundial, lutou na Resistência Francesa, em Luxemburgo, contra os nazistas. No dia 30 de setembro de 1954, ele era o responsável por uma equipe de oito homens que trabalhavam em um canteiro de obras. Enquanto trabalhava, sentiu uma “moleza peculiar”. Ele se sentiu obrigado a andar, embora não soubesse para onde muito menos por que andava, como se alguma força desconhecida o guiasse.

Quando parou, ele pôde ver um ser desconhecido a pouco menos de dez metros de distância em uma colina. Ele o descreveu como tendo um capacete de vidro opaco, macacão cinza e botas curtas. Gattay também notou arma em forma de vara na mão e um dispositivo eletrônico no formato de quadrados no peito. A criatura estava parada em frente a um objeto em forma de cúpula que pairava a menos de um metro acima do solo. No total desconhecimento do que ele estava observando, Gattay permaneceu em silêncio, paralisado.

Enquanto ele permanecia em choque, algo ainda mais estranho aconteceu. Ele contou: “De repente, o estranho homem simplesmente desapareceu. Eu não poderia explicar como ele fez isso, já que ele não foi embora andando, mas desapareceu como uma imagem que é apagada. Então, eu ouvi um som de assobio forte que se sobrepôs ao ruído das nossas escavadeiras. Logo, o objeto que estava flutuando no ar levantou voo no sentido vertical e, em seguida, ele também desapareceu em uma espécie de névoa azul, como que por um milagre”.

Gattay depois correu de volta ao canteiro de obras para relatar o que viu. Dois de seus trabalhadores afirmaram ter visto um disco voador e “um homem vestido como um mergulhador em frente à nave”. Todos os sete colegas de trabalho de Gattay reclamaram de um sentimento inexplicável de sonolência durante o evento e o próprio George Gattay sofreu dores de cabeça, perda de apetite e insônia durante a semana seguinte inteira.

6 – A mulher de Winchester

Adrian Hicks, o conselheiro local de Winchester, em Hampshire, Reino Unido, foi ao centro da cidade numa tarde movimentada de sábado durante os primeiros meses de 2004. Depois de almoçar e comprar alguns livros de uma livraria, ele percebeu algo estranho em uma mulher andando pela rua principal da vila rural. Suas roupas eram um tanto incomuns e tudo sobre ela fazia sentido para Hicks. O jeito como ela me movia e seu comportamento geral passava uma estranha impressão e a destacava na multidão.

Ele a seguiu com os olhos por alguns instantes e chegou à conclusão incrível que ele não estava olhando para um ser humano – mas um extraterrestre. “Foi incrível, eu não costumo ficar sem palavras, mas naquele momento eu fiquei”, relata. Ele a observou por cerca de nove minutos, caminhando à sua frente duas vezes e notou uma espécie de saia franzida de bailarina ao redor da cintura e uma mecha de cabelo loiro brilhante. “Ela era uma humanoide marchando como um pinguim. Ela tinha olhos ovais muito grandes e ficava girando as mãos em um movimento circular. Parecia amigável e totalmente à vontade com as pessoas ao redor. Ela não estava com medo, estava sorrindo e parecia se divertir entre nós”.

Hicks parou a cerca de dois metros dela e tentou questioná-la sobre sua respiração estranha. Porém, sem sucesso. “Ela caminhou lentamente até outra rua. Lembro que ela estava muito interessada no relógio que existe no prédio de um banco lá”.

Ele afirmou que várias pessoas também perceberam a presença da mulher peculiar, mas sem prestar qualquer atenção extra. Hicks viu algumas pessoas tirando fotos dela, apesar de nenhuma imagem jamais ter aparecido da moça. Hicks acredita que o encontro tem ligação com uma presença muito maior de extraterrestres em Winchester, devido às operações secretas dos EUA e da Grã-Bretanha em uma base militar próxima.

Técnico ortopédico com mais de 35 anos de experiência, Hicks manteve o seu segredo guardado por cinco anos a fim de garantir seu lugar no governo local. Só revelou sua história depois de garantir a eleição como democrata liberal no Conselheiro. Ele gastou £400 (R$1.080) de seu próprio dinheiro para que um artista local fizesse um esboço da ET, que pode ser visto acima. Ele agora faz lobby para que o governo admita a público suas relações com OVNIs.

5 – O caso de Silbury Hill

Em julho de 2009, um sargento de folga do serviço estava dirigindo em uma auto-estrada durante as primeiras horas da manhã. Por volta das 5h, enquanto passava por Silbury Hill (no Centro-Sul da Inglaterra), uma área muito conhecida por seu histórico de observações de OVNIs e atributos místicos, ele percebeu três homens excepcionalmente altos de pé em um campo de colheita, analisando um círculo feito havia pouco tempo. Ele percebeu que os homens possuíam cabelo loiro brilhante e estavam vestidos com macacões brancos, o que os deixavam parecidos com detetives forenses.

Intrigado com tal espetáculo bizarro, o sargento estacionou seu carro e se aproximou dos homens. De uma distância de aproximadamente 360 metros, ele gritou para eles, mas suas tentativas foram infrutíferas. Ao entrar no campo, no entanto, os três homens tomaram conhecimento de sua presença e, simultaneamente, se viraram e começaram a se afastar a uma velocidade milagrosa. O sargento os seguiu por alguns segundos, mas percebeu que ele não era páreo para o ritmo dele e os assistiu, com assombro, enquanto corriam com passadas sobre-humanas. Poucos segundos depois, os homens já haviam desaparecido completamente.

Caminhando de volta para seu carro, ele sentiu algo semelhante a uma eletricidade estática ecoando por todo o campo. As plantações começaram a fazer movimentos ondulados e a balancar ao redor dele, e o sargento desenvolveu uma dor de cabeça enorme. “Eu então fiquei com muito medo. O barulho ainda era intenso, mas eu consegui chegar até o carro e ir embora dali. Durante o resto do dia, sofri de uma dor de cabeça que não passava”, disse Andrew Russell, investigador de OVNI através do qual ele escolheu para se comunicar a fim de manter o anonimato.

Naquele mesmo dia à noite, moradores da área relataram ter visto um helicóptero sem identificação de companhia ou empresa pairando durante três horas sobre o campo onde aconteceu o encontro. A região continua a atrair ufólogos e casos de misteriosos círculos em plantações são relatados com uma frequência crescente. O sargento continua anônimo.

4 – O encontro no Zimbábue

No dia 14 de setembro de 1985, houve relatos de OVNIs nos céus do Zimbábue, país localizado no sul da África. Dois dias mais tarde, na Escola Fundamental Ariel, em Ruwa, a 20km da capital, Harare, 62 crianças entre 5 e 12 anos relataram terem visto uma bola brilhante no céu durante o recreio da manhã.

Eles a observaram pairar no ar, aparecendo e desaparecendo por um tempo curto antes do objeto descer até o chão – em uma área cheia de arbustos, a apenas 30 metros das dependências da escola. Um “homenzinho”, de cerca de 90cm de alturasaiu da nave e começou a caminhar em direção às crianças. Ele tinha cabelos compridos e negros, olhos grandes e um pescoço magro. No momento da queda da aeronave, os professores e funcionários da escolas se encontravam dentro do prédio, em reunião, o que deixou as crianças sem supervisão.

Enquanto se movia em direção aos alunos, ele de repente desapareceu e reaparecendo em cima da nave, de onde silenciosamente encarou as crianças por alguns momentos, antes de voltar para dentro do objeto e decolar a uma velocidade incrível. Muitos alunos ficaram apavorados devido às histórias do folclore africano, que falam de demônios e vampiros que sequestram crianças para devorá-las. O único adulto presente era um pai, dono de uma loja perto do portão da escola, para onde as crianças correram a fim de lhe contar sobre o episódio extraordinário.

O diretor da escola, Colin Mackie, contatou Cynthia Hind, na época a investigadora de ETs mais famosa da África. Ela entrevistou os alunos e pediu-lhes para recriar desenhos do que viram. Cerca de 35 esboços foram produzidos, todos muito semelhantes entre si. Após as entrevistas, Hind ficou convencida da autenticidade das histórias. Uma criança lhe disse: “Juro por todos os cabelos da minha cabeça e por toda a Bíblia que o que eu estou dizendo é a verdade.” O consenso foi alcançado entre os pais, funcionários da escola e Hind de que os alunos estavam de fato falando a verdade; tal mentira seria demasiadamente complexa para crianças de tão pouca idade.

Em um episódio ainda mais bizarro, a criança mais velha relatou a Hind que o pequeno homem advertiu as crianças de que a beleza e os recursos naturais do planeta estavam sendo devastados e poluídos num caminho sem volto. “Esses pensamentos vieram do homem, dos olhos do homem”, disse a criança de 12 anos, assustada. O desenho de um dos alunos pode ser visto acima.

3 – O caso de Livingstone

O engenheiro florestal Robert Taylor empregado pela Corporação de Desenvolvimento Livingston saiu de casa às 10h30 do dia 5 de novembro de 1979, para monitorar algumas mudas que ele havia plantado em um morro fora da cidade. Acompanhado de seu cão, ele estacionou sua caminhonete no início de uma trilha na mata e precedeu o resto do caminho a pé. Chegando a uma clareira na floresta, Taylor foi saudado por um espetáculo incrível.

Suspenso no ar, havia um objeto esférico silencioso e imóvel, que media cerca de seis metros de largura por três de altura. Era todo preto, com um anel e uma fileira de pequenas janelas circulares ao redor. Partes do objeto eram transparentes ou quase, o que deu a Taylor a impressão de que o objeto estava a tentando se tornar invisível por inteiro. Enquanto ele começou a andar em direção ao objeto, duas esferas menores foram ejetadas da nave principal e rolaram para cima dele. Cada uma grudou em uma das pernas da calça de Taylor e ambas emitiram um cheiro sufocante, que o fez perder a consciência.

Quando acordou, estava de bruços na grama, sem ETs por perto e com seu cachorro latindo e correndo loucamente. Ao tentar chamar o cão, percebeu que tinha perdido a voz, e, ao tentar mexer os pés, concluiu, horrorizado, que não conseguia ficar de pé nem menos andar. Arrastando-se no chão, conseguiu chegar até o seu caminhão, onde recuperou as funções das pernas e da voz.

Ao chegar em casa, sua esposa pensou que ele tivesse sido assaltado devido ao seu estado físico e emocional: rosto esfolado, calça rasgada e roupas sujas de lama. Ela chamou a polícia e um inquérito revelou alguns fatos interessantes.

A área em que Taylor encontrou os ETs estava cheia de marcas peculiares, que não se encaixavam com nenhum equipamento florestal ou veículos oficiais que pudessem ter passado pelo local. Os rasgos em sua calça foram examinados por uma equipe forense e chegou-se à conclusão de que foram feitos por uma “força desconhecida”. O que quer que tenha rasgado as calças de Taylor tinha a intenção de erguê-lo para o alto através dos furos.

Taylor nunca ganhou dinheiro ou lucrou contando sua história, que se manteve a mesma desde quando veio à tona nos anos 70 até a morte de Taylor, aos 89 anos, em 2007. O caso permanece sem solução até hoje, e é o único caso de OVNI no Reino Unido que resultou em uma investigação criminal. Acima, uma impressão artística do que Taylor encontrou.

2 – Marconi Systems

Marconi Systems foi uma empresa de engenharia da defesa e aeronáutica, contratada pelo governo britânico para projetar e fabricar sistemas de armas e embarcações militares visionários e revolucionários.

Durante a década de 1980, relatos de uma quantidade incomum de “suicídios” entre os trabalhadores da Marconi que trabalharam em projetos secretos atraíram a atenção da mídia no Reino Unido. 25 especialistas em engenharia, cientistas e especialistas em comunicação digital sucumbiram ao “suicídio” ou a “acidentes” durante um período de seis anos, entre 1982 e 1988. A grande maioria morreu pouco antes de seus contratos com a Marconi expirarem ou quando estavam na iminência de se transferir para outra empresa de sistemas de defesa.

Entre os “suicidas”, estava Shani Warren, 26 anos, antigo assistente pessoal em uma subdivisão de bioquímicos de Marconi, que foi encontrado no fundo de um lago, com as pernas dobradas, a boca amordaçada, uma corda em torno do pescoço e as mãos amarradas atrás das costas.

Richard Pugh, de 37 anos, especialista em comunicação digital, foi encontrado com os pés amarrados, um saco plástico na cabeça e uma corda enrolada no pescoço e no corpo quatro vezes.

Alistair Beckham, 55 anos, engenheiro de software havia anos, que supostamente se suicidou, entrando no seu jardim, conectando seu corpo em uma série de fios elétricos e eletrocutando-se até a morte.

Vimal Dajhibai, um engenheiro de software de 24 anos de idade, morreu quando estava em sua última semana de trabalho para Marconi. Sua morte foi considerada suicídio pulando de uma ponte em Bristol, Inglaterra. Amigos discordaram ao lembrar da felicidade de Dajhibai em achar um novo emprego e não viam nenhuma razão para ele acabar com a vida.

Muitos pesquisadores descobriram rumores de que as mortes estavam relacionadas à tecnologia de radar revolucionária infravermelha que estava sendo desenvolvido pela empresa. Olhando para estas mortes, é claro que a segurança era algo que Marconi levou muito a sério, e que eles estavam dispostos a ir às medidas impensáveis ​​para manter as suas capacidades e invenções em segredo. Uma importante e estratégico complexo Marconi estava situado na pequena cidade inglesa de Frimley, composto por uma zona de teste, uma fábrica e a sede da empresa.

Dado o que já sabemos sobre eles, podemos imaginar o que aconteceria se um intruso penetrasse nas instalações da companhia. E isso foi exatamente o que aconteceu em 1976, embora aquele não tenha sido um intruso qualquer. Um guarda de segurança estava fazendo sua patrulha durante a noite e passou pela Casa Velha, uma estrutura que abrigava o escritório do diretor da empresa e um mundo de informações secretas sobre as capacidades radioativa, nuclear, energética, militar etc etc do Reino Unido.

Enquanto caminhava por um destes corredores, ele percebeu uma luz azul emitida por debaixo de uma das portas. O guarda ficou alerta e sacou a arma – a única pessoa autorizada a estar ali era ele mesmo. Ele entrou na sala e se deparou com uma cena chocante: no canto, debruçado sobre um arquivo aberto e vasculhando montanhas de documentos secretos, estava nada mais nada menos do que um extraterrestre.

Descrito como humanoide e usando algum tipo de farol que emitia o brilho azul, o ET rapidamente desapareceu em meio a uma névoa azul diante de seus olhos. Apavorado, o guarda correu para fora do prédio até o posto de segurança, onde informou os seus colegas do seu encontro e o complexo foi fechado. Na manhã seguinte, o guarda foi levado por dois psiquiatras militares. Ele nunca mais foi visto por qualquer pessoa no complexo.

1 – O ET de Varginha

Nos últimos anos, o caso de Varginha tem recebido tanta atenção e polêmica entre os entusiastas do ramo como o caso Roswell teve entre o público em geral. Muitas tentativas têm sido feitas para investigar exaustivamente o caso e fazer resultados conclusivos. “UFOs no Brasil”, o livro lançado em 2002 pelo ufólogo estadunidense Roger Leir, é o que mais se aproxima de um veredito final, com suas entrevistas com militares, cirurgiões do hospital e uma grande variedade de testemunhas civis.

O Comando de Defesa Aeroespacial Norte Americano seguiu um objeto não-identificado pairando sobre o hemisfério ocidental no dia 13 de janeiro de 1996. Ele entrou no espaço aéreo brasileiro e o Cindacta (Departamento de Controle do Espaço Aéreo) foi contactado, que por sua vez alertou o comando do Exército brasileiro em Três Corações, Minas Gerais, dando instruções para que todos os militares brasileiros ficassem em alerta máximo.

Os boatos de visualização em massa de OVNIs começaram a varrer toda a região sul do Brasil nos dias que se seguiram. No dia 20 daquele mês, testemunhas de uma cidade rural de Minais informaram ter visto uma “nave em forma de submarino” cruzando os céus a uma altura de seis metros do chão e que parecia estar danificado ou com defeito. Movendo-se a um ritmo lento e emitindo um tipo fumaça, ele ia em direção a Varginha.

Ao amanhecer do dia 21, estranhas criaturas eram vistas vagando ao redor da cidade em um estado de incapacidade e terrivelmente confusas. Os moradores explodiram em frenesi e notificaram os encontros bizarros à polícia e aos bombeiros, dizendo que a cidade tinha sido invadida por monstros de contos folclóricos indígenas e até mesmo pelo próprio diabo. O exército foi contactado rapidamente e de acordo com várias testemunhas, duas das criaturas foram capturados sem resistência – uma foi posteriormente morta a tiros e outra, transferida para o Hospital Humanitas para receber tratamento para os ferimentos que sofreu durante o acidente.

O médico ortopedista Leir disse que foi instruído por policiais armados para começar uma paramentação cirúrgica e preparar-se para executar operar a fratura em uma “perna”. Leir entrevistou os outros cirurgiões e auxiliares que participaram da cirurgia, todos afirmaram que a sala de operações foi selada com exceção de uma entrada, que foi ocupada por policiais armados, sem conhecimento sobre o que estava exatamente acontecendo. O fluxo de oficiais militares e funcionários do hospital para o quarto era rigorosamente controlada, com apenas uma pequena equipe essencial de pessoal autorizada a entrar. A cirurgia corretiva foi realizada em uma fratura do fêmur da coxa, com membros do Exército Brasileiro e da inteligência militar estar presente na cirurgia.

A criatura bípede foi descrita como tendo em torno de 1,50m, enormes olhos vermelhos, pescoço fino e pele morena escura – que parecia molhado, mas estava seca ao toque. Ele também possuía três protuberâncias ósseas em três seções em toda a sua cabeça e, a partir de sua anatomia, era impossível determinar seu sexo. Todas as tentativas de se comunicar verbalmente com a criatura foram infrutíferas.

A ferida cicatrizou completamente dentro de 24 horas. Após a operação, o cirurgião percebeu os olhos do ET fixados em cima dele. Ele então começou a sentir pressão na cabeça e receber pedaços de informação vindas do extraterrestre. O médico nunca revelou a extensão do que o ser lhe disse, mas, entre outras coisas, o ET comentou sentir pena dos seres humanos, porque não temos conhecimento das coisas incríveis que podemos realizar, coisa que é a raça dele já tem.

Embora algumas pessoas achem que a história não passa de um disparate sem fundamento, há ainda mais evidências do contrário. Ubirajara Rodrigues, advogado e ufólogo especialista no caso de Varginha, obteve uma cópia da certidão de óbito de Marco Cherez, um funcionário que morreu três semanas depois de ter supostamente tocado na criatura com suas próprias mãos. O atestado de óbito indica a causa da morte como sendo de uma “substância tóxica” e uma doença “do tipo Ebola”. O relatório completo de sua autópsia, porém, nunca foi revelado.