segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Trump exibiu 'OVNI secreto' a Kim Jong-un, segundo ex-militar norte-americano


OVNI

© CC0 / Pixabay

Mundo insólito

07:14 04.02.2020(atualizado 13:21 04.02.2020) URL curta

71018

Nos siga no

Apesar de considerar o ato de Trump "uma tolice", Mike Turber diz que isso comprova não só que o presidente dos EUA sabia da existência do OVNI, como teve um efeito dissuasor a curto prazo.

O presidente norte-americano, Donald Trump, pode ter usado um OVNI militar contra a Coreia do Norte, afirma Mike Turber, que trabalhou na inteligência da Força Aérea dos Estados Unidos.

Em declarações ao tabloide Daily Star, Turber afirmou que Trump não só sabia da existência do OVNI, como usou o veículo aéreo, denominado Nimitz, em novembro de 2017 com a intenção de impressionar o líder norte-coreano. Segundo o especialista, os detalhes são "altamente secretos", mas Kim Jong-un teria sido informado do surgimento da nave onde ele estaria localizado.

"Foi feito um telefonema da Casa Branca para a Coreia do Norte, então talvez ele [Kim Jong-un] recebeu um aviso antes do tempo", continuou Turber. "Dizendo 'Ei, olha pela sua janela, quero te mostrar uma coisa'."

"Se ele [Kim Jong-un] conseguiu ver ou não, eu não sei, nem qual foi a reação dele", relata Turber.

De acordo com Mike Turber, o incidente teve um efeito a curto prazo sobre Kim Jong-un, que decidiu interromper temporariamente os testes de mísseis, apesar de considerar o ato de Trump uma "tolice [...] para alguém que você não quer".

No período do alegado incidente relatado pelo ex-funcionário da inteligência da Força Aérea dos Estados Unidos, Kim Jong-un estava repetidamente conduzindo testes de mísseis, durante o auge das tensões EUA-Coreia do Norte.

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2020020415094797-trump-exibiu-ovni-secreto-a-kim-jong-un-segundo-ex-militar-norte-americano/

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Vem à tona FOTO de 'satélite alienígena' sobrevoando Terra


OVNI no espaço (imagem ilustrativa)

Mundo insólito

05:36 29.01.2020URL curta

10197

Nos siga no

Imagem feita pela NASA gera polêmica entre conspiracionistas, que acreditam que a mesma mostra um satélite artificial alienígena.

A imagem, feita pela Estação Espacial Internacional (EEI), foi avaliada por diferentes internautas, incluindo o ufólogo Scott C. Waring.

Conforme publicou o tabloide Daily Star, Waring acredita que um objeto de origem não identificada pela agência espacial não seria um simples OVNI, mas se trata do Cavaleiro Negro, um lendário satélite alienígena que estaria observando a Terra.

Como se vê na foto postada no Twitter, o objeto paira sobre o planeta à pequena distância da EEI.

Famoso satélite alienígena Cavaleiro Negro é "avistado" pairando sobre a Terra a partir da EEI

A imagem sobre o suposto satélite alienígena bombou na Internet, levantando diferentes visões sobre sua origem.

'Satélite perigoso'

Em uma publicação postada no blog etdatabase.com, o conspiracionista afirma que o Cavaleiro Negro seria um objeto de cor preta que não reflete e que nem pode ser destruído.

Waring também acredita que o suposto satélite tem "armamento capaz de destruir a vida na Terra".

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2020012915066413-vem-a-tona-foto-de-satelite-alienigena-sobrevoando-terra/

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

UMA VERDADE IMPOSSÍVEL PARA HUMANIDADE - Alienígenas nos criaram genetic...

A Biblioteca de Prata que REESCREVERIA a História da Humanidade – Cueva ...

OVNIs existem e são pilotados por humanos que 'viajam no tempo', afirma cientista


OVNI (imagem ilustrativa)

© Sputnik / S. Dergunov

Mundo insólito

07:36 22.01.2020URL curta

162

Nos siga no

Os OVNIs são considerados por muita gente mera ficção científica, mas um cientista insiste que eles são reais, oferecendo uma teoria notável para provar seu ponto de vista.

O professor antropólogo biológico da Universidade Tecnológica de Montana, em Butte, EUA, Michael Masters, acredita que os OVNIs são, de fato, muito mais do que uma imaginação dos caçadores de alienígenas. No entanto, embora ele argumente que os OVNIs sejam reais, Masters sugere que eles podem estar sendo pilotados por "humanos que viajam no tempo", e não alienígenas.

Em seu novo livro, "Objetos Voadores Identificados: Uma Abordagem Científica Multidisciplinar para o Fenômeno OVNI", Masters argumenta que os humanos do futuro poderiam muito possivelmente ter desenvolvido o conhecimento e os meios técnicos de viajar de volta no tempo para visitar a Terra.

"Eu fiz uma abordagem multidisciplinar a fim de tentar compreender as probabilidades deste fenômeno. Nosso trabalho como cientistas é fazer grandes perguntas e tentar encontrar respostas a perguntas desconhecidas. Há algo acontecendo aqui, e deveríamos estar tendo uma conversa sobre isso. Devemos estar na vanguarda da tentativa de descobrir o que é", diz o cientista, segundo citado pelo portal Space.

O professor explica

Embora possa se pensar que humanos que viajam no tempo sejam um conceito rebuscado, Michael Masters argumenta que eles são mais prováveis do que pilotos alienígenas, e acrescenta que "nós sabemos que estamos aqui. Sabemos que os humanos existem. Sabemos que tivemos uma longa história evolutiva neste planeta. E sabemos que nossa tecnologia vai ser mais avançada no futuro. Acho que a explicação mais simples é que somos nós. Só estou tentando oferecer o que é provavelmente a explicação mais parcimoniosa".

Reações

No entanto, há quem duvide da nova teoria do professor Master.

O cético de OVNIs, Robert Sheaffer, classificou as especulações do cientista como uma "afirmação altamente duvidosa". Sheaffer também desvalorizou o livro do antropólogo.

"Não há nada neste livro para levar a sério, pois depende da crença de que 'viajar no tempo' não só é possível, como real."

Os internautas ficaram divididos em sua reação à teoria proposta pelo cientista. Alguns acharam a ideia intrigante, outros acharam de "baixo nível".

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2020012215034579-ovnis-existem-e-sao-pilotados-por-humanos-que-viajam-no-tempo-afirma-cientista/

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Viagem pelas galáxias: um dos elementos básicos de nosso DNA tem origem interestelar


Imagem de galáxias tirada pela sonda (imagem referencial)


© NASA . ESA/Hubble & NASA/ Judy Schmidt

Ciência e tecnologia

12:45 16.01.2020(atualizado 13:00 16.01.2020) URL curta

110

Nos siga no

Fósforo é um elemento presente no DNA e nas membranas celulares. Sem ele, a vida não existiria como a conhecemos e sua origem era até agora desconhecida.

Cometas caídos na Terra poderiam ser os transmissores de um elemento presente no DNA e nas membranas celulares e que é essencial para o desenvolvimento de toda a vida como a conhecemos, como é o caso do fósforo.

Até agora, sua origem no planeta era desconhecida, mas os astrônomos do Observatório Europeu do Sul publicaram na quarta-feira (15) um estudo que revela que o fósforo tem uma origem interestelar e poderia ter sido transportado para a Terra por cometas.

O fósforo é um elemento essencial à vida, mas a origem da sua presença na Terra é um mistério. Astrônomos traçaram o rumo do fósforo desde os berços de estrelas até os cometas, combinando dados oriundos quer do observatório ALMA no Chile quer da Sonda Rosetta da Agência Espacial Europeia.

Continuamos sem saber como surgiu a vida

"A vida surgiu na Terra há uns quase 6 bilhões de anos, mas ainda não conhecemos os processos que a desencadearam", assinalou Víctor Rivilla, pesquisador do Instituto Nacional da Itália para a Astrofísica e autor principal de um recente estudo publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Astrônomos, utilizando o ALMA, um telescópio único de design revolucionário, composto inicialmente por 66 antenas de alta precisão, observaram o berço de estrelas massivas AFGL 5142. Ali detectaram que as moléculas contendo fósforo, ou mais especificamente monóxido de fósforo, se formam quando nascem estrelas massivas.

Ao analisarem esse material, os cientistas descobriram que, quando a estrela recém-nascida emite correntes de gás para o espaço, abre cavidades na nuvem ao redor dela. Posteriormente, os choques entre as partículas e a radiação emitida pela estrela fazem com que, nas paredes dessas cavidades, se formem moléculas ricas em fósforo, como o monóxido de fósforo.

Elemento do DNA viaja pelas galáxias

Quando colapsam para formar uma estrela, as moléculas de monóxido de fósforo podem congelar e ficar presas em grãos de pó que orbitam ao redor da nova estrela. Essas partículas se unem formando cometas que viajando pelo espaço interestelar se convertem em transportadoras de monóxido para outros pontos das galáxias, incluindo planetas da Via Láctea, como a Terra.

Uma vez que essas moléculas foram encontradas em regiões formadoras de estrelas, os cientistas decidiram analisar um cometa do Sistema Solar – o 67P/Churyumov-Gerasimenko, confirmando que continha monóxido de fósforo. Tal foi possível usando um espectrômetro chamado ROSINA da sonda Rosetta que desde há dois anos orbita o referido cometa recolhendo dados de íons e nêutrons.

Segundo os astrônomos, a detecção inédita de monóxido de fósforo em um cometa ajuda a estabelecer uma ligação entre as regiões formadoras de estrelas onde a molécula é criada e o nosso planeta.

"O fósforo é essencial à vida tal como a conhecemos", assegurou Kathrin Altwegg, pesquisadora principal do ROSINA e coautora do estudo.

"Dado que os cometas provavelmente entregaram grandes quantidades de compostos orgânicos à Terra, o monóxido de fósforo encontrado no cometa 67P pode fortalecer essa ligação entre os cometas e a vida na Terra", acrescentou a cientista.

Fonte: https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2020011615015022-viagem-pelas-galaxias-um-dos-elementos-basicos-de-nosso-dna-tem-origem-interestelar/

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Arquivos sobre OVNIs poderiam 'danificar seriamente' segurança dos EUA


Um OVNI (imagem ilustrativa)

Arquivos sobre OVNIs poderiam 'danificar seriamente' segurança dos EUA, segundo Marinha americana

© Foto / Pixabay

Mundo insólito

09:15 14.01.2020URL curta

231

Nos siga no

Marinha dos EUA considera que abertura de arquivos sobre OVNIs poderia causar sérios danos à Segurança Nacional, enquanto reconhece existência de OVNIs.

Enquanto conspiracionistas acreditam que as Forças Armadas americanas utilizam tecnologia alienígena para o desenvolvimento de seus armamentos, uma carta da Marinha dos EUA classificou como "seriamente perigosa" a abertura de arquivos do país sobre aparições de OVNIs.

Conforme publicou o canal de TV Fox News, a carta escrita pela Marinha americana foi a resposta a um pedido de abertura de arquivos sobre OVNIs feito pelo pesquisador Christian Lambright ao Escritório da Inteligência Naval dos EUA (ONI, na sigla em inglês).

"Uma revisão destes materiais [pedidos por Lambright para serem abertos] indica que [estes] atualmente são marcados e classificados como Arquivos Secretos sob a Ordem Executiva 13526, e a Autoridade Classificatória Original determina que a publicação de tais materiais poderia causar danos consideravelmente graves à Segurança Nacional dos EUA", diz a carta da Marinha dos EUA publicada no blog UFOs –Documenting The Evidence.

Caso USS Nimitz

O pedido de Lambright se deu ainda em outubro de 2019, ao passo que a Marinha dos EUA reconheceu que em três vídeos ligados à instituição são vistos OVNIs.

Em um deles é possível ver um objeto voador de formato alongado filmado a partir da câmera de um caça F-18 pertencente ao porta-aviões americano USS Nimitz.

Na ocasião, o OVNI foi filmado em 2004 próximo à embarcação militar.

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2020011415005607-arquivos-sobre-ovnis-poderiam-danificar-seriamente-seguranca-dos-eua-segundo-marinha-americana/

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Pentágono possui VÍDEO secreto de encontro com OVNI, afirma Marinha dos Estados Unidos


Vista do prédio do Pentágono, em Washington D.C, capital dos EUA

© AP Photo / Charles Dharapak

Mundo insólito

10:22 13.01.2020URL curta

4 0 0

Nos siga no

Marinha dos Estados Unidos reconheceu em setembro de 2019 a autenticidade de vídeo vazado de encontro de pilotos com objetos voadores não identificados.

Ainda que os objetos continuem sem identificação, a Marinha acredita que os corpos aéreos se adentraram na área de treinamento militar. Em resposta a uma solicitação de informações, a instituição afirmou nesta sexta-feira (10) que o Pentágono possui um vídeo secreto de um incidente com um OVNI.

Susan Gough, uma porta-voz do Pentágono, afirmou ao portal Motherboard que:

"O Departamento de Defesa, especificamente a Marinha dos EUA, possui o vídeo. Conforme a Marinha e a minha entidade afirmaram anteriormente, enquanto decorre a investigação de avistamentos de fenômenos aéreos não identificados, nós não discutiremos publicamente relatos/observações de avistamentos individuais."

Porém, Gouch afirmou que o vídeo em circulação foi registrado em 14 de novembro de 2004. O vídeo em questão corresponde ao encontro entre o porta-aviões USS Nimitz e objetos não identificados.

"Filmagem de OVNI" classificada e vazada é real, confirma Marinha dos Estados Unidos

O pesquisador Christian Lambirght lançou uma solicitação através do Ato de Liberdade de Informação, pedindo por mais informações sobre o incidente, após o que houve a divulgação da nota da Marinha.

Ainda assim, Luis Elizondo, um dos responsáveis pela divulgação do vídeo da Marinha, disse a Motherboard que o Pentágono nem sempre divulga informações corretas e diretas ao público.

"O Pentágono possui uma longa história de informações incorretas por vezes divulgadas ao povo norte-americano", afirma Elizondo.

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2020011315000960-pentagono-possui-video-secreto-de-encontro-com-ovni-afirma-marinha-dos-estados-unidos/

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Comunicado Ufológico

Jacinto Pereira de Souza

Agora mesmo ·

Amigos ufólogos e simpatizantes da Ufologia boa tarde. Quero informar que não poderei ir a Sobral hoje nossa costumeira reunião plenária de ufologia do CSPU, estou com pessoas trabalhando hoje e amanhã na minha casa no Preá, não tenho sair. Por isso peço desculpas, mas em breve estarei entrando em contato para realizarmos uma plenária ufológica em Sobral.
Abraço a todos
Jacinto Pereira de Souza.

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

ETs 'desativaram várias vezes' armas nucleares por serem inúteis, afirma conspiracionista


OVNI (ilustração artística)

CC0 / Pixabay

Mundo insólito

09:01 18.11.2019(atualizado 09:08 18.11.2019) URL curta

340

Nos siga no

Extraterrestres têm ativado e desativado armas nucleares para nos mostrar quão inúteis elas são, segundo um lobista que acredita que alienígenas "não representam ameaça".

Stephen Bassett fundou o Grupo de Pesquisa Paradigma (PRG, na sigla em inglês) e há anos tenta fazer com que o governo dos EUA revele a verdade sobre extraterrestres e OVNIs.

O conspiracionista relatou ter conhecimento de testemunhas que viram com que facilidade os extraterrestres controlam o nosso armamento nuclear.

No entanto, Bassett insiste que não se trata de uma "ameaça" e que, na realidade, significa que os ETs e Fenômenos Aéreos não Identificados (UAP, na sigla em inglês) – como prefere chamar OVNIs – apoiam o desarmamento nuclear.

Um trecho do Projeto Livro Azul conduzido pela Força Aérea dos EUA a fim de investigar OVNIs na década de 1960

© Foto / Departamento de Defesa dos EUA

Um trecho do Projeto Livro Azul conduzido pela Força Aérea dos EUA a fim de investigar OVNIs na década de 1960

"Eles desativaram várias vezes nosso armamento nuclear, isso significa que são maus?", indagou, complementando que "as testemunhas dos acontecimentos, que não são poucos, em geral acreditam que não se trata de uma coisa ameaçadora, mas, sim, de uma mensagem de que estas coisas são inúteis".

Não é a primeira vez que surgem indagações sobre desativação de armas nucleares "orquestrada" por alienígenas, que estariam interessados em bases militares, revela Daily Star.

O tenente aposentado da Força Aérea dos EUA, Bob Jacobs, em entrevista à emissora CNN, afirmou que em um teste de mísseis um objeto "disparou um raio de luz contra a ogiva". O evento ficou conhecido como O Incidente de OVNI na Base Aérea Malstrom de 1967.

Imagem mostra suposto OVNI durante tempestade de relâmpagos no céu da Espanha

© Foto/ YouTube/ Agencia 6 Noticias

Imagem mostra suposto OVNI durante tempestade de relâmpagos no céu da Espanha

Todos os registros, incluindo filmagens, foram confiscados, afirmou o tenente aposentado, que revelou que o proibiram de falar sobre isso de novo.

Anteriormente, Stephen Bassett informou que NASA é forçada pelo governo dos EUA a encerrar transmissões ao vivo da Estação Espacial Internacional quando aparecem alienígenas.

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/2019111814789076-ets-desativaram-varias-vezes-armas-nucleares-por-serem-inuteis-afirma-conspiracionista/