quinta-feira, 31 de maio de 2018

Quando os OVNIs visitaram a capital mineira


O "espetáculo de luz" foi observado por pessoas localizadas em

distintos pontos da capital mineira, em meados de 1972.

Da Redação

UFOVIA

BH-18/08/2011

Belo Horizonte é emoldurada pela bela Serra do Curral.

As investidas de objetos voadores sobre o território de Minas Gerais recebiam pouca atenção da imprensa nos anos 70. Ainda assim, a partir da década anterior, alguns veículos chegaram a registrar aparições notórias de objetos voadores sobre a capital e diversas outras regiões do interior de Minas Gerais.

Belo Horizonte guarda diversos casos clássicos da ufologia daquela época, bem como as cidades  Lavras, Divinópolis, Formiga, Passos, Cláudio e Itaúna, onde diversas pessoas também reportaram avistamentos de OVNIs na década de 1970.

Alguns desses registros se encontram nos antigos arquivos do jornal Estado de Minas, da extinta TV Itacolomi (afiliada Tupi/Diários Associados, hoje TV Alterosa), além de inúmeros periódicos interioranos. O medo em narrar o insólito, sobretudo, quando associado aos discos voadores, calou muitas testemunhas naquele tempo. Todos temiam ser taxados de loucos, numa época recheada de repressões por parte da ditadura.

Dentre os relatos, foram reportadas, até mesmo, ocorrências envolvendo a presença de criaturas exógenas, como aquele que ficou conhecido por "Caso Sagrada Família", ocorrido no bairro de mesmo nome em Belo Horizonte. Ademais, tanto nas pequenas, como nas mais evoluídas cidades do interior e, até mesmo nas zonas rurais do Estado, casos ufológicos emanavam do povo, dando conta de bolas de luz ou de fogo trançando pelo céu noturno e até mesmo pousando em determinados locais.

Vale lembrar que Belo Horizonte, ainda em meados da década de 1950, se tornou a primeira cidade brasileira a constituir um grupo específico para o estudo/pesquisa dos OVNIs e fenômenos aeroespaciais. O Centro de Investigação Civil Dos Objetos Aéreos Não Identificados (CICOANI) detinha um vasto repertório de ocorrências e pesquisas ufológicas relacionadas ao Estado mineiro.

O CICOANI era coordenado pelo conhecido psicólogo e ufólogo Húlvio Brant Aleixo (já falecido) e tinha entre seus colaboradores o competente professor Alberto Francisco do Carmo, entre outros. De acordo com informações obtidas por UFOVIA, todo o precioso arquivo do CICOANI, composto por papéis, fotografias e gravações, está atualmente se degradando, em poder dos familiares de Húlvio Aleixo.

Recordando os tempos ditatoriais em que esse tipo de ocorrência era prontamente reprimida pela sociedade, o jornal Estado de Minas, da quinta-feira, 18/08/2011, trouxe uma reportagem assinada por Arnaldo Viana, relembrando uma ocorrência de OVNI em Belo Horizonte. O fato se deu em meados do ano de 1972 e não chegou a ganhar popularidade por razões óbvias naquela época, especificadas pela matéria.

O referido "espetáculo de luz" foi observado por pessoas localizadas em distintos pontos da capital mineira. OVNIs teriam sobrevoado a "cidade jardim" em formação ordenada e desaparecido por detrás da Serra do Curral. Uma testemunha narrou o que viu ao EM, que tentou, mas não conseguiu localizar o militar envolvido com a ocorrência naquela época.

A seguir, reproduzimos na íntegra a matéria de Arnaldo Vieira, para o jornal Estado de Minas.

OVNIs em BH:

O ano em que BH fez contato com

objetos luminosos vistos no céu

Capital viveu noite agitada em 26 de julho de 1972, quando objetos luminosos foram vistos no céu. Vergonha e medo da ditadura teriam calado todo mundo e não se falou mais no assunto

“Os ‘marcianos’ estiveram em muitos lugares, até se esconderem atrás da Serra do Curral. As bolas pareciam uma esquadrilha bem organizada, mantendo sempre a mesma formação. Eram guiadas pela bola maior e mais luminosa.” BH amanheceu a quinta-feira de 27 de julho de 1972 com essa notícia estampada no Diário da Tarde. As “aparições”, testemunhadas na noite anterior, haviam tomado conta também dos telejornais da TV Itacolomi.

O espetáculo de bolas e luzes deixou o comando de controle de voos do aeroporto da Pampulha em alerta. Pilotos, de cabelo em pé, relatavam à torre trânsito intenso sobre a cidade e pediam explicações. Um experiente aviador garantiu: “Não é avião nem meteoro”. A Aeronáutica recolheu testemunhos e recortes dos jornais. Prometeu investigar, mas até hoje nenhum ufólogo registra qualquer conclusão sobre o fenômeno.

“Estranhas bolas de fogo cruzam o céu da cidade”, insistiu a edição de 28 de julho. Seria o nosso Independence Day, para rechear ainda mais a imaginação do cineasta Steven Spielberg”? Naquele 1972 ele comemorava o primeiro sucesso com Encurralado (Duel), filmado em 1971 para a TV e levado aos cinemas em seguida por causa dos prêmios e elogios em festivais.

Mas nunca mais se falou no assunto. As pessoas ouvidas pelos jornalistas esconderam o sobrenome. Talvez porque o fenômeno ocorreu no início da década de 1970. A ditadura militar, sob o bastão do general Emílio Garrastazu Médici, presidente da República, era demasiadamente severa. Médici censurou tudo: teatro, cinema, jornal, revista, TV… As pessoas falavam baixinho, baixinho. Sussurrava-se até para discutir Buñuel, Fellini e Godard no Maletta, principalmente nos dias em que o comunista e lendário seu Olímpio, garçom da Cantina do Lucas, não servia o filé à cubana. A ausência do prato era para denunciar a presença de perdigueiros da ditadura na casa, de olho em uma ínfima pista para levar um cidadão aos porões do Dops (Delegacia de Ordem Política e Social).

E alguém ia sair por aí gritando “eu vi, eu vi, eu vi as bolas de fogo”? Não. Poderia ser algemado e levado à tortura para revelar qual célula guerrilheira ensaiava um bombardeio à cidade. Não acredita nisso, não é? Pois era assim. Agentes da repressão agiam movidos pela ideia fixa de que todos eram inimigos do regime. Por isso, a censura, a tortura, enfim, a repressão política e social. Talvez, por isso, nosso quase Independence Day caiu na clandestinidade.

Mas pode ter sido também pelo medo de as testemunhas não serem interpretadas como testemunhas por quem sempre rejeitou a existência dos objetos voadores não identificados (OVNIs). “Disco voador, ah, ah, ah o sujeito é louco”. Isso mata de vergonha um abduzido ou quase abduzido. Mas havia muita coisa em 1972 indigna de credibilidade naquele ano em que nasceu Rubens Barrichello. Alguém apertou a bochechinha rosada dele no berço e sacramentou: “Vai ser um grande piloto de corridas!” E é? Médici assinou decreto criando medidas para levar cultura e educação ao trabalhador. Cadê? Por que não crer em disco voador?

Dava para acreditar até no Galo. Em julho de 1972 o time disputou o Torneio de León, no México. Empatou por 1 a 1 com o Colônia, da Alemanha, gol de Dario, e se classificou para a decisão com a Seleção Mexicana. Ganhou por 4 a 2. Dadá marcou dois. E um doce para quem adivinhar se o técnico era Telê Santana.

E agora, 39 anos depois, alguém levanta o braço e grita: “Meninos, eu vi!” É o Joaquim Américo do Brasil, um cidadão de BH radicado em Uberlândia. Assim mesmo porque contou a história para os amigos e filhos e, certamente, ouviu aquela frase cortante: “Disco voador, ah, ah, ah”. Ele pede recorte de jornais da época para provar que quase foi abduzido na quadra de esportes do Colégio Arnaldinum São José, hoje Colégio Arnaldo, na Rua Vitório Marçola, Bairro Anchieta, Região Centro-Sul da capital.

Susto grande

Passava das 19h da quarta-feira, 26 de julho de 1972, em BH. Naquele tempo o inverno era inverno. Um leve bruma ocorria, ocasionalmente, na Região Centro-Sul. Joaquim Américo e amigos estavam na quadra de esportes do então Colégio Arnaldinum São José, no Bairro Anchieta. “De repente, apareceu em cima de nós um objeto muito grande, redondo. Fazia um barulho de papel celofane e jogava um feixe de luz forte. Pensei que se seria sugado. Olhei para trás e vi que plantas, postes e outros não tinham sombras. Por alguns segundos fiquei sob o feixe de luz e, repentinamente, o objeto se deslocou deixando bolinhas de fogo no ar. A luz apagou em BH e poucos instantes depois a TV Itacolomi anunciava que havia objetos estranhos no céu da cidade. Estariam sendo vistos também em São Paulo e outros lugares”.

Ao mesmo tempo, uma mensagem cruzava o espaço: “Atenção, torre. Atenção, torre. Aqui fala o comandante Veloso, do PP-VJC, da Varig. Há objetos estranhos voando a horizonte no setor Este de BH. São muitos e luminosos. Parece festa de São João. Acho que é invasão de Marte.” O alerta, como noticiou o EM em 28 de julho de 1972, partiu de um avião que havia decolado no Espírito Santo rumo a BH e estava a 60km da aterrissagem, foi captado pelo sargento Morais, de plantão na torre de comando do aeroporto da Pampulha na noite do dia 26.

O militar pegou um binóculo e começou a vasculhar a área indicada e logo chegou outra mensagem: “Atenção, torre, objetos não identificados voando em formação sobre BH. Parecem fogos de artifício”. Era do comandante do Boeing SC 1107, da antiga companhia área Cruzeiro do Sul, que voava a 10,4 mil metros de altitude. O sargento Morais voltou ao binóculo e, como relatou ao EM, ainda conseguiu ver a esteira de luz da esquadrilha desaparecendo por trás da Serra do Curral.

Os objetos voavam a mais de 5 mil metros de altitude, a mesma do avião do comandante Veloso. E não foram os pilotos e o sargento Morais os únicos a vê-los. Chegou ao jornal informação de que a Polícia Rodoviária levaria à Aeronáutica, na Pampulha, boletins com registros de aparições em Congonhas, Betim e outras cidades. Os repórteres colheram ainda depoimento de Tarcísio Vieira, que era funcionário da Cruzeiro do Sul. Ele estava no quintal de casa quando viu a esquadrilha extraterrestre: “Vi que não podia ser meteoro, porque a velocidade era menor, nem avião. Voavam em formação. Não havia som e quando passaram diante da Lua as luzes se multiplicaram”.

Tudo foi reunido num relatório e enviado ao Rio de Janeiro, ao Centro de Investigações de Objetos Aéreos não Identificados, do Ministério da Aeronáutica para investigação. Esta semana, a assessoria de imprensa da Aeronáutica informou desconhecer apuração de ocorrências desse tipo no céu do país. Ou, simplesmente, desconversou. A base aérea, em Lagoa Santa, e a torre de controle do aeroporto da não conseguem localizar o Sargento Morais, pois os jornais não revelaram o primeiro nome.

* Informações de Arnaldo Viana/Estado de Minas (BH).

   18/08/2011

- Foto: divulgação.

- Tópicos relacionados:

Os Ufos & seus periféricos em Minas Gerais

A ‘Mãe do Ouro’ em Minas Gerais

Bettinassi fala de seus reiterados avistamentos em Araxá

Repertório dos casos de Araxá

A noite em que Lavras parou para ver um UFO

UFO é fotografado em Cláudio-MG

Moradores presenciam OVNI luminoso em Itatiaiuçu-MG

Objeto Voador Não Identificado - Rachel de Queiróz

Incidente na Barragem de Funil em Rezende-RJ

Ceará: Mistérios celestiais ainda não desvendados

Bahia: Imensa ‘bola azulada’ assustou população

Campinas: UFO em voo foi registrado em 1969

Leia outras matérias exclusivas em UFOVIA  

Fonte: http://www.viafanzine.jor.br/site_vf/ufovia/pag_ufo/casosdeminas02.htm

O Contato Extraterrestre Completo

domingo, 27 de maio de 2018

Armamento nuclear esta sendo destruído e desligado por seres de origem extraterrestre...


26/05/2018 09:53

No final dos anos 70 e início dos anos 80, tentamos colocar uma arma nuclear na Lua e explodi-la para medições científicas. Eles (os extraterrestres) destruíram a arma antes que ela chegasse à Lua.

Os teóricos da conspiração há muito tempo acreditam que os governos do mundo todo estão escondendo a verdade sobre os extraterrestres.

A teoria foi reforçada no ano passado, depois da notícia de que o Pentágono havia gerenciado um programa multimilionário secreto por anos, para investigar os OVNIs.

E agora um ovniólogo anônimo afirmou que alienígenas estão tentando impedir que os humanos usem armas nucleares, “porque simplesmente não podemos ser confiados com tal poder massivo”.

Escrevendo no site Alien Revelations, o autor menciona o exemplo da entrevista do ex-tenente da Força Aérea dos EUA, Bob Jacobs, no programa Larry King Live, da CNN, vários anos atrás.

Bob alegou que seus superiores o advertiram para que ficasse calado, depois que eles testemunharam um OVNI na Base Aérea de Vandernburg.

Teria sido dito a ele: “Você nunca deve falar disso novamente”.

Bob foi o primeiro oficial condecorado com uma insígnia de mísseis guiados na Força Aérea.

Naquela noite, ele afirma ter testemunhado algo inexplicável, e disse aos seus superiores: “Nós temos um OVNI!”

No entanto, os superiores de Jacobs não pareciam tão empolgados e foi dito imediatamente a ele: “No que diz respeito a você, isto não aconteceu.”

E, de acordo com os ovniólogos, os avistamentos de alienígenas parecem ocorrer principalmente em torno das bases nucleares.

De acordo com outro site, Collective-Evolution:

'Outro incidente ocorreu na Base da Força Aérea Malmstrom, em Montana, e é um dos eventos mais marcantes nessa história de encontros com OVNIs com os militares.

Isto ocorreu em março de 1967 em uma base que foi responsável por uma grande quantidade de armas nucleares.

Testemunhas viram um OVNI vermelho e brilhante pairando do lado de fora do portão da frente. Depois disso, todos os mísseis nucleares foram desligados e completamente inutilizados.'

O site pergunta se os OVNIs estão tentando impedir a experimentação nuclear humana para evitar a destruição apocalíptica.

Ele escreve:

'Observamos que os OVNIs estavam muito interessados ​​nas instalações de fabricação de armas nucleares. Um par de armas nucleares que foram enviadas para o espaço foram destruídas pelos extraterrestres.

No final dos anos 70 e início dos anos 80, tentamos colocar uma arma nuclear na Lua e explodi-la para medições científicas.

Eles destruíram a arma antes que ela chegasse à lua.'

O autor acrescenta:

'Poderia ser que os extraterrestres estejam tentando impedir que humanos usem armas nucleares porque nós simplesmente não podemos ser confiados com tal poder massivo?'

Leia mais: http://m.new-age-gamer.com/news/armamento-nuclear-esta-sendo-destruido-e-desligado-por-seres-de-origem-desconhecida/http://m.new-age-gamer.com/news/armamento-nuclear-esta-sendo-destruido-e-desligado-por-seres-de-origem-desconhecida/

Fonte:

terça-feira, 15 de maio de 2018

Segredos do Planeta Vermelho: nave extraterrestre é vista na superfície de Marte


A superfície de Marte (ilustração)


CC0 / ChadoNihi

Mundo insólito

07:45 14.10.2017URL curta

381318

A realidade ultrapassa a ficção. As câmeras do Oportunity, da missão Mars Exploration Rover da NASA, captaram uma foto de um objeto muito parecido com uma nave espacial alienígena. Pelo menos é o que os "arqueólogos" virtuais afirmam.

A impressão de um artista da separação do módulo, chamado Schiaparelli, indo a Marte

© AP Photo / ESA/D. Ducros

Vestígios de civilização extraterrestre? Ufólogos acham 'cidade antiga' em Marte (VÍDEO)

Um usuário do portal Reddit compartilhou uma imagem instantânea da superfície de Marte tomada por câmeras do rover Oportunity em 2005, onde pode ser visto um objeto misterioso que lembra uma espaçonave extraterrestre.

"Ei, NASA? Um OVNI captado pela missão Mars Exploration Rover? Será que isso é real?", escreveu um usuário comentando a imagem publicada.

Os usuários da Internet se dividiram em dois grupos. Mas a maioria estima que o objeto misterioso é de fato uma nave espacial extraterrestre.

"Essencialmente é isso. Extraterrestres em Marte", escreveu um dos usuários do portal KaneinEncanto.

​A NASA ainda não deixou comentários sobre o assunto e não se pronunciou sobre a "descoberta".

Além disso, vale a pena notar que a informação transmitida pelo The Independent já tinha sido difundida pela mídia internacional.

Fonte: https://br.sputniknews.com/mundo_insolito/201710149584771-nave-extratererstre-vista-na-superficie-de-marte-foto/

domingo, 13 de maio de 2018

Stan Friedman aposenta-se da UFOlogia.


A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos

Philippe Piet van Puttenpara UFO - OVNI

4 de maio às 21:31

Após mais de cinco décadas de pesquisas sobre OVNIs, tendo conduzido mais de 700 palestras, escrito seis livros e feito incontáveis entrevistas para as mídias internacionais, o físico nuclear estadunidense-canadense Stanton Terry Friedman (1934- ), redescobridor do controverso Caso Roswell (1947) está aposentando-se da UFOlogia neste ano (2018). Com profunda gratidão, desejamos a ele um edificante descanso.
--
After more than five decades of researching about UFOs, having conducted over 700 lectures, writing six books, and countless international media interviews, american-canadian nuclear physicist Stanton Terry Friedman (1934- ), rediscoverer of the controversial Roswell Case (1947) is retiring from Ufology this year (2018). With deep gratitude, we wish him an uplifting rest.
Ref: www.stantonfriedman.com

Fonte: https://www.facebook.com/groups/1692906391010445/1830930403874709/

Larissa Manoela revela que já se assustou com OVNI

Larissa Manoela viu um OVNILarissa Manoela - Foto: Reprodução/Instagram

Apenas alguns dias depois do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ganhar destaque no noticiário nacional falando de uma experiência de contato com OVNIs, agora outra celebridade acaba de entrar para o clube. Desta vez foi a atriz Larissa Manoela (17), que ficou famosa fazendo a novela infantil Carrossel, do SBT.

A revelação faz parte de seu novo livro, Perguntas e Respostas #LariManoela, e foi apresentada pelo portal da Revista Quem. Segundo o site de variedades, questionada se já presenciou algo assustador, a atriz e cantora afirmou: “Sim, um OVNI [objeto voador não identificado] no céu”. A publicação não trouxe mais detalhes, no entanto.

Larissa Manoela não é a primeira nem a será a última celebridade a trazer o tema UFO à baila, mas é sempre importante receber esse tipo de informação com bastante cautela e paciência. Afinal, popularidade e fama nao qualificam ninguém a identificar um fenômeno inusitado nos céus.

LEIA TAMBÉM:

FHC revela que já viu disco voador em entrevista a Bial

Muita gente não se lembra, mas a icônica personagem Tiazinha, de Suzana Alves, já emplacou tempo valioso da programação de televisão contando a história de quando viu um OVNI que, na verdade, era o dirigível da Goodyear!

LEIA TAMBÉM:

Tiazinha filma zepelim e causa polêmica ufológica

Fonte: https://www.vigilia.com.br/larissa-manoela-revela-que-ja-se-assustou-com-ovni/

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Uma paixão de longa data pela Ufologia

Sou Ufólogo e pesquiso os UFO, OVNI, Discos Voadores e outros fenômenos relacionados, desde 1978. Porém, meu interesse por discos voadores desde de quando avistei uma nave desconhecida do tamanho de um automóvel, voando baixinho e muito devagar sobre o sítio da minha família em 1968.

Aproveitando a oportunidade, convido os ufólogos e simpatizantes desse tema, de Sobral e cidades vizinhas, para fazerem parte das nossas reuniões, que acontecem a cada última sexta feira de cada mês, a partir dezenove horas, na Rua Coronel Diogo Gomes, 998 - Centro – Sobral. Meus contatos: 88 999210172 e 988477189.

Saudações ufológicas a todos

Jacinto Pereira

domingo, 6 de maio de 2018

Quase 60.000 avistamentos de ovnis mapeados: Isso finalmente provou ligação misteriosa com militares dos EUA?


Érica Poliana Pereira


O impressionante resultado final mostra dados de relatórios verdes de OVNI espalhados pelo vasto país.

No entanto, sugeriu-se que as áreas mais densas para avistamentos coincidem com instalações militares dos EUA.

Alex Hollings, um marinheiro aposentado dos EUA, agora escreve para o Sofrep.com, um serviço de notícias e inteligência fornecido por ex-veteranos de operações especiais.

Ele escreveu: “Ao colocar o mesmo mapa de avistamentos de OVNI reportados em um mapa dos EUA que mostra os locais de todas as instalações militares, uma nova tendência começa a emergir.

“Muitas das regiões que parecem mostrar uma alta freqüência de relatórios de OVNI coincidem com a localização de instalações militares.

“Para a conspiração, isso pode significar que nossos visitantes alienígenas se interessaram particularmente pelo que nossos militares estão fazendo.

“Outros podem estar inclinados a concluir que muitos desses antigos avistamentos de OVNI podem ser nada mais do que aeronaves militares mal identificadas”.

Os teóricos da conspiração desenvolveram muitas afirmações sobre links militares e UFO nos EUA.

O mais exagerado do que sugere extraterrestres inteligentes chegou à Terra e foi escondido em instalações militares secretas dos EUA longe da visão pública.

Lá, eles ajudam os cientistas militares a engenharia reversa de sua tecnologia de pires voadores, em troca de terem permissão para sequestrar um pequeno número de seres humanos para sua própria experimentação.

Outra reivindicação um pouco menos estranha sugere que os alienígenas não estão trabalhando com os militares como acima, mas os chamados projetos negros estão em andamento em bases secretas, como a Área 51 em Nevada.

Lá, afirmou, os especialistas tentam engenharia reversa de UFOs que foram recuperados após “falhas”, a fim de produzir o melhor equipamento de espionagem de alta tecnologia já construído na Terra.

Muitos afirmam que essas “artes espiões” que estão sendo testadas são confundidas com alienígenas.

O Sr. Hollings acredita que a verdadeira razão pela qual tantos UFOs são vistos perto de instalações militares é mais direto.

Ele acrescentou: “Não é tão improvável como você pensa. As aeronaves militares são muitas vezes confundidas com objetos de vôo não identificados nos céus dos EUA porque sua forma e comportamento não aderem às normas que estamos acostumados.

“Às vezes, esses avistamentos são o resultado do teste de plataformas nunca antes vistas, mas outros, é simplesmente uma questão de aeronaves militares que não exibem o mesmo comportamento visto por aeronaves comerciais acima de nossas cabeças.

“Uma luz brilhante que voa baixo sobre uma região rural e se movendo de uma maneira aparentemente incomum poderia ser marciana … mas também poderia ser um Blackhawk na distância. A maioria das pessoas também não tem muita experiência identificando, sem culpa de suas próprio.

“Esta é uma explicação razoável para quase 60 mil avistamentos espalhados por um período de 19 anos?

“Talvez não, mas a próxima vez que você olhe para o céu e pense que você pode ver um disco voador de entrada, pode valer a pena fazer uma busca rápida para ver o quão longe você está da base de guarda nacional aérea mais próxima. A resposta pode surpreendê-lo “.

Grupos como o NUFORC e ​​a organização maior, mas similar dos EUA, a Mutual UFO Network (MUFON), aceitam prontamente cerca de 95% dos milhares de relatórios que recebem podem ser explicados por fenômenos naturais e aeronaves mal identificadas construídas por humanos.

A outra cerca de cinco por cento é dito para permanecer um mistério.

Fonte: mmufo.com.br

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Os casos mais recentes de OVNIS de 2018


Diante de tantos relatos encontrados pela internet e até em televisão, a aparição de pessoas que afirmam ter avistado um óvni já não é considerada rara. O que às vezes faz com que a história possa não ser levada a sério é a quantidade de pessoas que também viram esse mesmo óvni. Geralmente é uma, duas, três pessoas, no máximo, o que sempre leva a crer que essa é mais uma história mal contada ou inventada.
Não se tem relatos de centenas de pessoas terem visualizado a aparição de um objeto voador não identificado, o que faz com que muitos não acreditem nessa possibilidade.
Você vai gostar de ler também:
Quantas pessoas no mundo acreditam em Extraterrestres?
Celebridades Brasileiras que Acreditam em Extraterrestres
Celebridades internacionais que acreditam em extraterrestres

Janeiro de 2018

Objeto vertical misterioso, 11 de janeiro de 2018

No dia 11 de janeiro de 2018, uma mulher mexicana filmou um objeto misterioso no céu. O objeto, vertical, que mais parece um modelo de encaixe do famoso jogo Tetris, causou um alvoroço no YouTube, isso porque diversas pessoas debateram entre elas sobre o que poderia ser o objeto identificado. Entre o debate, foram descartados sujeira na janela de casa, o que foi desmentido, pois o objeto desaparece atrás de uma nuvem. Houve quem dissesse que poderia ser um conjunto de balões de gás.
objeto vertical tipo tetris
Veja a foto e tire a sua conclusão.
Nesse debate, alguns internautas também afirmaram que este mesmo objeto foi visualizado no dia 13 de janeiro, na cidade de San Antonio, no Texas.
Sem saber a resposta, muitos questionavam e debateram sobre o que poderia ser esse objeto. Este mesmo objeto foi visto também na China, segundo um internauta. Se você quer ver e tentar decifrar o que pode ser esse objeto, assista abaixo.
Croácia - Janeiro de 2018

Já na Croácia, uma filmagem de um objeto voador não identificado está sendo bastante discutida. Dessa vez, a filmagem traz uma clareza do fato e mostra que, realmente, é possível que exista vida além da Terra.
Essas aparições estão cada vez mais frequentes e não se pode, simplesmente, ignorá-las. Muitas provas são reveladas e não há explicação para elas.
Seria importante ter uma resposta para todas as questões que estão sendo apresentadas. Ignorar os fatos que, a cada ano que passa, se tornam mais relevantes, é tratar com ignorâncias aqueles que querem uma resposta.
Ao longo dos anos muito se é falado sobre essas aparições e nenhuma resposta convincente é dada. É preciso dar uma reposta convincente.
Assista ao vídeo da filmagem na Croácia
Clarão gravado pela NASA, 25 de janeiro de 2018

Já em 25 de janeiro de 2018, um misterioso clarão foi visto no vídeo aeroespacial gravado pela NASA e logo em seguida, a imagem é cortada. Ao ver no vídeo divulgado pela NASA, muitos internautas viram o clarão e logo associaram a um “OVNI dourado”, que fazia a transitava pela Terra durante a filmagem ao vivo da agência espacial filmada da Estação Espacial Internacional.
Sobre a ISS:
Para que serve a estação espacial ISS?
Google Street View na Estação Espacial Internacional
Nessa gravação é possível ver uma luz misteriosa no canto inferior direito. Logo após essa aparição, o vídeo é cortado e surge uma mensagem de espera da EEI.
clarão que intrigou internautas
A imagem do clarão que intrigou internautas.
O vídeo para visualização da imagem e a interrupção repentina da NASA pode ser visto aqui:

Acompanhe os anos anteriores:


Os casos mais recentes de Ovnis de 2017
Os casos mais recentes de ovnis de 2016
Os mais recentes casos de OVNIS de 2015
Os mais impressionantes casos de ovnis de 2014

Fonte: https://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/os-casos-mais-recentes-de-ovnis-de-2018.html

Os casos mais recentes de Ovnis de 2017

 Juliana Miranda

O ano de 2017 só começou e as notícias sobre Ovnis já estão circulando na internet e nas publicações especializadas. Essa realidade tem agitado o universo dos caçadores de UFOS, que acreditam que o ano promete grandes descobertas e avistamentos inacreditáveis!

Confira os casos de Ovnis divulgados em 2017:

Janeiro de 2017

OVNI no Chile – O CEFAA, órgão oficial do governo chileno, divulgou imagens de um estranho objeto voador. O suposto OVNI teria sido avistado por militares chilenos. Autoridades do país investigaram o vídeo gravado pela câmera de um helicóptero da Marinha.
Segundo o Comité de Estudios de Fenómenos Aéreos Anómalos, o episódio foi classificado como um fato de explicação conclusiva, o que significa que o objeto flagrado pela Marinha era verdadeiramente um OVNI. O avistamento aconteceu durante uma missão de patrulha ao norte da costa do Chile, a oeste da capital Santiago.
Veja a fotografia:
Chile, O CEFAA, UFO 2017
A nave extraterrestre foi filmada durante nove minutos e depois desapareceu entre as nuvens. O objeto parecia descarregar uma espécie de gás ou líquido na Terra.
OVNI no Canadá – O canadense Chad Haines fotografou um objeto voador não identificado em Random island, no Canadá. Segundo o jornal britânico Daily Mirror, as fotos mostram o ovni pairando no céu. As imagens foram expostas por diversos veículos da imprensa internacional.
Random island, Canadá
Veja:
O canadense disse que o UFO ficou nos céus do Canadá por cerca de três horas. Várias pessoas relataram sons estranhos e feixes de luz na região de Random Island.
OVNI na Inglaterra – Cidadãos de Aylesbury, na Inglaterra, também relataram a aparição de um suposto objeto voador não identificado. Esse Ufo teria sido fotografado em 5 de janeiro, enquanto voava sobre o parque de Buckingham.
Aylesbury, Inglaterra, 5 de Janeiro
Segundo informações do jornal local, The Bucks Herald, a população da região teria ficado sem energia elétrica após o surgimento do OVNI. De acordo com as pessoas que avistaram a suposta nave, o objeto estava em alta velocidade pelo céu.
Leia também:

24 de Janeiro de 2017 - Filmagem capturada pela webcamsdemexico, que transmite ao vivo alguns pontos turísticos do México. Essa imagem mostra uma luz brilhante saindo de um vulcão e que de repente muda de forma. Assista:
30 de Janeiro de 2017 - 2 Grandes Objetos em formatos cilíndricos são filmados com um celular. Local: Quintay, Chile. Veja:

O ano de 2017 promete muitas emoções para a Ufologia!


Estes casos foram divulgados em janeiro de 2017 e são os primeiros a movimentar o universo da ufologia neste ano. Ao que tudo indica, os próximos meses serão de muitas novidades, vídeos e imagens registrados e divulgados na internet, fortalecendo ainda mais as teorias sobre a existência de vida inteligente fora da Terra! Fiquem atentos e acompanhem os próximos fatos!
Fevereiro de 2017

03 de Fevereiro de 2017 - Avistamento de 4 Ovnis sobre Fort Myers, Cidade na Flórida.
14 de Fevereiro de 2017 - Luz misteriosa visível nos céus da Bélgica
14 de Fevereiro de 2017, Luz na Bélgica
15 de Fevereiro de 2017 - Ufo do tamanho de Júpiter colide lateralmente com o Sol. Imagens do SOHO (Solar and Heliospheric Observatory)
15 de Fevereiro de 2017, Ovni colide no Sol
19 de Fevereiro de 2017 - O mesmo Objeto Voador Não Identificado é filmado por diversas pessoas. Local: Kuwait.
Março de 2017

8 de Março de 2017 - Clinton, Oklahoma, EUA. UFO triangular.
14 de Março de 2017 - Foto de OVNI em formato de triângulo sobre o mar de Malta, País Europeu.
14 de Março de 2017, Mar de Malta, Ovni Triangular
21 de Março de 2017 - Ufo desaparece em portal dimensional - Sonora, México. Faz fronteira com EUA.
Portal Dimensional Ufo - Março de 2017
Abril de 2017

12 de Abril de 2017 - Nave Mãe gigantesca é capturada pela sonda SOHO da nasa ao lado do nosso sol. Assista:
12 de Abril de 2017, Nave Mãe
Não é de hoje que a sonda SOHO captura imagens de UFOs perto do nosso SOL. Saiba mais:

12 de Abril de 2017, Nave Mãe foto 2
O ano está quase chegando ao fim e os casos de avistamentos de Ovnis pelo mundo continuam chamando a atenção dos entusiastas do universo extraterrestre. De maio a novembro de 2017, diversas aparições de objetos voadores não identificados foram relatadas em variadas partes do globo. Confira os casos mais marcantes!
Avistamentos recentes de Ovnis em 2017

Maio de 2017

Savanah, Estados Unidos – Em maio deste ano, várias pessoas começaram a relatar o aparecimento de ovnis triangulares, extremamente grandes. Um dos casos ocorreu nos céus de Savanah, no estado da Georgia, nos Estados Unidos. As supostas naves foram vistas cruzando a cidade de Savanah por volta das 21h45. O caso está sendo investigado pela Mutual UFO Network.
Ufo Triangular, Savanah, Georgia
Escócia – No dia 26 de maio, testemunhas relataram que um Ovni chegou a 30 metros de distância de um avião de passageiros na região de Glasgow. O relatório oficial do caso afirma que um Airbus A320, que levava 200 passageiros, foi surpreendido por uma luz estranha quando se preparava para pousar. O fato consta nos autos da Airprox Board do Reino Unido.
Ovni perto de avião, Glasgow, Reino Unido
Junho de 2017

Salto, Uruguai – Moradores da região de Salto, no Uruguai, avistaram diversas luzes no céu no dia primeiro de junho de 2017. O avistamento aconteceu depois de um apagão elétrico que afetou grande parte da região norte do Uruguai. Moradores de diversas cidades puderam ver as luzes estranhas com formação triangular.
Agosto de 2017

Los Angeles, Estados Unidos – Um avistamento de ovni foi registrado em vídeo em Los Angeles, na Califórnia. O fato ocorreu na região do Vale San Gabriel, em 28 de agosto de 2017. O objeto filmado tem o formato de um globo e paira no céu.
Santa Cruz do Sul – O Núcleo de Estudos Ufológicos de Santa Cruz (NEUS), no Brasil, relatou um avistamento de ovni na região de Rio Pardinho, em Santa Cruz do Sul, no dia primeiro de outubro de 2017. Várias testemunhas viram o objeto que se parecia com uma bola de luz branca.
Outubro de 2017

Chicago, Illinois, Estados Unidos - 28 de Outubro - Avião se choca com objeto não identificado em pleno voo. O avião estava transportando a equipe de basquete do NBA Oklahome City Thunder.
Chicago, Illinois, Estados Unidos, Delta Voo número 8935
Novembro de 2017


Província de Ultima Esperanza, Patagônia Chilena – Vários avistamentos de ovnis foram relatados na província de Ultima Esperanza, na Patagônia Chilena. Os casos começaram em setembro e seguiram até o mês de novembro. Muitas testemunhas observaram as supostas naves extraterrestres nos céus. Os ovnis também foram vistos em Sierra Dorotea e Huertos Familiares. Os casos estão sendo investigados pelo grupo AION de Santiago, no Chile.
Província de Ultima Esperanza, Patagônia Chilena
Porto Alegre – Um intenso avistamento de ovnis aconteceu na região de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, no mês de novembro. Vídeos mostram objetos não identificados voando no céu de Porto Alegre e da Região Metropolitana, em municípios como Gravataí, por exemplo.
Porto Alegre, Rio Grande do Sul


+ Sobre essa Curiosidade: OVNI

Fonte: https://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/os-casos-mais-recentes-de-ovnis-de-2017.html

Filmagem de OVNIS fantástica na Austrália Janeiro de 2017 - Luzes no céu...

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Cientistas detectam possível sinal de comunicação extraterrestre


Uma equipe internacional de cientistas está investigando um misterioso pico de radiofrequência emitido a mais de 95 anos-luz da Terra. O sinal foi detectado há mais de dois anos, mas só agora foi tornado público.

Sinal Wow detectado em maio de 2015

Sinal detectado em maio de 2015 pelo radiotelescópio RATAN-600,operado pela academia de ciências da Rússia.

O estranho sinal foi detectado em 15 de maio de 2015 através do radiotelescópio RATAN-600, operado pela academia de ciências da Rússia e de acordo com os cientistas do projeto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), tem todas as características que os pesquisadores esperam de um sinal emitido por uma fonte inteligente.

Segundo um comunicado do Instituto SETI, o sinal é extremamente forte e veio da direção de HD164595, uma estrela parecida com nosso Sol, ao redor da qual gira o exoplaneta HD 164595 b, similar a Netuno. No entanto, outros planetas ainda não descobertos podem orbitar essa estrela.

O sinal detectado é um pico de alta energia com 2.5 segundos de duração, no comprimento de onda de 2.1 cm, ou de 11 Ghz. Esta frequência está dentro de um espectro eletromagnético que os astrofísicos chamam de "Janela Mágica", que compreende as frequências de emissão do hidrogênio.

Segundo a maioria dos estudiosos, se alguma civilização extraterrestre quiser estabelecer contato com outra civilização, provavelmente usará as frequências de emissão do hidrogênio já que este é o elemento mais comum no Universo.

Contato, com Jodie Foster

No filme "Contato", Jodie Foster interpreta uma cientista do Projeto SETI, que busca por inteligência fora da Terra. O filme é baseado em livro escrito por Carl Sagan.

Naturalmente, a detecção do sinal não pode ser considerada como prova da existência de vida, nem tampouco de que tenha sido emitido por alguma civilização inteligente.

De acordo com o matemático italiano Claudio Maccone, ligado ao SETI e do russo Nikolai Bursov, Special Astrophysical Observatory, o sinal é tão emblemático que a partir de agora a região de HD164595 passará a ser investigada com muito mais cautela.

Escala Kardashev
Na tentativa de encontrar sinais de inteligência extraterrestre, os estudiosos criaram a escala Kardashev, que determina o progresso e desenvolvimento de uma civilização através da medição da quantidade de energia usada para enviar uma mensagem interestelar.

Esfera de Dyson

Diagrama esquemático mostra uma hipotética esfera de Dyson, uma possível fonte emissora de sinais extraterrestres.

Por essa escala, uma emissão isotrópica (emitida em todas as direções) significa que o sinal tem a mesma potência em qualquer direção e seria possivelmente oriunda de uma civilização do tipo II.

Em seu aclamado trabalho "transmissão de informações por Civilizações Extraterrestres", o astrônomo soviético Nikolai Kardashev explicou que uma civilização de Tipo II seria capaz de aproveitar toda a energia de sua estrela hospedeira. O exemplo hipotético mais comum seria a chamada "Esfera de Dyson", uma estrutura artificial maciça que poderia encapsular completamente uma estrela e transferir a energia para um planeta vizinho.

Extraterrestre?
Um dos objetivos dos pesquisadores será determinar de que forma esse sinal foi emitido e quanta energia foi necessária para chegar até a Terra com a intensidade registrada. Dependendo das respostas podemos estar diante do primeiro sinal com chances reais de ter sido emitido por uma civilização extraterrestre. Quem viver verá.


Direitos Reservados
É vedada a utilização deste texto

Leia nosso Termo de Uso e saiba como publicar este material em seu site ou blog

URL curta dessa página: http://tinyurl.com/zwjq7mf

Caçadores de Mistério - Terror na Estrada "Contatos Imediatos" (Caso de ...